PLANETA BRUTAL - RAPHAEL MIGUEL*


PRIMEIRA FRASE DA PÁGINA 100:

“Posso estar sendo cruel, mas esse mundo é cruel, fico feliz com a danação do clã.” (p.100)


 DO QUE SE TRATA O LIVRO?

O planeta foi totalmente devastado por chuvas, raios e tempestades de fogo. Grande parte da população foi dizimada, e, em meio ao caos, aquelas pessoas que restaram, ao invés de se unirem para um bem comum, formaram clãs isolados (alguns até sofreram mutações), e passaram a viver em disputas para mostrar quem pode mais. Resumindo, é uma distopia brasileira, num estilo Mad Max.

 O QUE ESTÁ ACHANDO ATÉ AGORA?

Como grande fã do gênero, obviamente eu estou adorando. É bastante instigante, criativo, e mesmo que lembre cenas de clássicos como Mad Max, e Planeta dos Macacos (1968), por exemplo, a narrativa do autor é totalmente original. Digo isso porque o livro é narrado por vários personagens, nos trazendo diferentes experiências e pontos de vista diante de uma mesma situação.

O QUE ESTÁ ACHANDO DA PERSONAGEM PRINCIPAL?

É uma mulher forte, admirável, e louca também, porque não tem medo de se arriscar e enfrentar líderes sanguinários. Levou várias flechadas na perna e não deixou se abater. O autor de fato cria personagens femininas marcantes :)

MELHOR QUOTE ATÉ AGORA?

“[...] O saber é o que nos difere dos animais e das imundícies que nos cercavam, ao abandonar a sabedoria, abandonamos a humanidade e nos tornamos feras mortais que agem por instinto, matam os semelhantes e destroem a Terra” (p.93).

VAI CONTINUAR LENDO?

Com certeza! Na verdade tive que me segurar para não ler todo o livro todo de uma vez, pois queria muito fazer esse post antes hehehe

ÚLTIMA FRASE DA PÁGINA:

“Deixe vir a mim o caos.” (p.100)


*Planeta Brutal foi lançado em dezembro de 2017. O exemplar foi solicitado em parceria com o autor. 

13 Comentários

  1. Oi, Ana.
    Achei essa sua postagem super curiosa!! Rs... Acho que eu não conseguiria parar no meio de uma leitura tão boa!! Rs...
    A trama parece mesmo surpreendente e despertou a minha curiosidade.
    Adorei.
    Beijos´
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  2. Oi Ana!
    Esse li até a página 100 alcançou seu objetivo kkkkk fiquei mega curiosa com a história. Adoro livros onde as mulheres são protagonistas fortes e decididas! Já quero ler

    Beijokas

    ResponderExcluir
  3. "Deixe vir a mim o caos"
    AMEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEI KKKKKKKKK
    oie, tudo bem?
    Eu amo distopias, ainda mais ao estilo Mad Max, e quando é brasileira então... A curiosidade e vontade de ler aumenta ainda mais.
    Adorei a sua dica de leitura e espero muito ler esse livro em breve. Outro ponto positivo também que eu adoro é quando mulheres são fortes em livros, eu fico apaixonado pela história quando isso acontece, e acho que os autores deveriam até dar mais visibilidade para isso.
    Beijinhos, bom fim de ano e que venham mais e mais leituras <3

    ResponderExcluir
  4. Olá, eu gosto de distopias e estava bem curiosa sobre esse livro, já que a capa me chama bastante a atenção. Bom saber que está curtindo a leitura, fico mais animada ainda para ler o livro também.

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oie, tudo bom?
    Adorei a idéia dessas primeiras impressões. Muito bacana mesmo, pois assim acompanhamos em tempo real se está gostando da obra, e isso meio que te empurra a ler até se a leitura estiver massante, né? Hahaha.
    Amei o post!

    ResponderExcluir
  6. Com esta última frase, eu não teria parado a leitura, nunca... rs
    Adorei seus comentários sobre o livor até aqui e quero a resenha completa.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Eu achei essa ideia genial! Creio que colocar suas impressões a respeito das primeiras 100 páginas serve para mostrar como o livro vai indo, detalhadamente e serve pro leitor saber se iria gostar do ritmo ou não, achei super original a ideia. Nao conhecia a obra e também me interessei.

    ResponderExcluir
  8. Oi.
    Gosto muito do gênero apesar de não estar lendo muito ultimamente.
    É realmente um indicador de genialidade o autor conseguir ser original mesmo remetendo a histórias conhecidas.
    Adorei a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi, Ana!
    A premissa é bastante interessante! Mesmo a personagem principal sendo bem corajosa, o que é um super ponto pra trama, ando meio cansada de distopias, então vou esperar você postar a resenha dele para decidir se coloco ou não na minha listinha haha e como, por esse post, tu parece estar mesmo curtindo a leitura, acho que vou acabar considerando ler também haha
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Oie!
    Nossa, fiquei bem curiosa!
    Ainda não conhecia esse livro, fiquei interessada pela trama, pois adoro o gênero, ainda mais quando a protagonista é bem decidida.
    Muito boa essa postagem!
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  11. Oi!

    Muito bacana a ideia do post. Eu não conhecia o livro, nem o autor, mas fiquei interessada depois do seu post. Aguardando a resenha completa :)

    beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oi, Ana!
    Esse post é muito legal, já fiz algumas vezes e realmente é difícil deixar a leitura quando o livro é bom. Não conhecia o livro é achei a premissa interessante, no momento minha pilha já está enorme, mas talvez leia um dia!
    Beijos,
    Rafa -Fascinada por Histórias

    ResponderExcluir
  13. Oii.
    Esse livro foge um pouco do que eu costumo ler, mas parece ser uma leitura bem interessante. Vou aguardar a resenha para ver a sua opinião final, quem sabe eu acabe lendo.
    Bjs Mary

    ResponderExcluir

Adoraríamos saber o que você achou do post!

Categorias