Olá, pessoas! Tudo bem?

Hoje trago para vocês o poema do mês de julho para o  desafio 12 Meses de Poe, na qual estou participando (e amando) e por sorte estou com ele em dia, só não estava com tempo de postar antes (#envergonhada).

É um dos meus favoritos do autor e espero que apreciem também :)


Um Sonho Dentro de um Sonho

Este beijo em tua fronte deponho!
Vou partir. E bem pode, quem parte,
francamente aqui vir confessar-te
que bastante razão tinhas, quando
comparaste meus dias a um sonho.
Se a esperança se vai, esvoaçando,
que me importa se é noite ou se é dia...
ente real ou visão fugidia?
De maneira qualquer fugiria.
O que vejo, o que sou e suponho
não é mais do que um sonho num sonho.

Fico em meio ao clamor, que se alteia
de uma praia, que a vaga tortura.
Minha mão grãos de areia segura
com bem força, que é de ouro essa areia.
São tão poucos! Mas, fogem-me, pelos
dedos, para a profunda água escura.
Os meus olhos se inundam de pranto.
Oh! meu Deus! E não posso retê-los,
se os aperto na mão, tanto e tanto?
Ah! meu Deus! E não posso salvar
um ao menos da fúria do mar?
O que vejo, o que sou e suponho
será apenas um sonho num sonho
(Edgar Allan Poe*)

*Tradução: Oscar Mendes e Milton Amado







14 Comentários

  1. Olá, Ana! Tudo bem?
    Que bacana esse projeto/desafio, eu adoro os contos e a escrita de Poe, contudo nunca participei de um projeto assim. Gostei do poema. Super legal a sua publicação!
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Obrigada :)
      Está sendo muito bom participar...

      Excluir
  2. Ana, Poe sempre foi o amor de minha vida, confesso-te que fiquei surpresa em saber que estas participando desse desafio maravilhoso, gostei da escolha e espero/estarei torcendo que consigas cumprir.
    Beijinhos linda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Participando e amando *--* Ele tem uma escrita muito envolvente.
      Obrigada e ótimas leituras, flor!
      Beijo!

      Excluir
  3. Olá,
    Acredita que ainda não fiz nenhuma leitura das obras de Poe e olha que sempre vejo muitos elogios que despertam demais minha curiosidade.
    Adorei conhecer esse poema e fiquei ainda mais animada para conhecer seus outros trabalhos. Muito obrigada!

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Fico feliz que tenha gostado :)
      Espero que aprecie as obras do autor!

      Excluir
  4. Amei conhecer esse poema, principalmente porque Poe não é o tipo de leitura que desperta minha curiosidade, então fiquei feliz de poder conhecer ele por aqui.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mari! Que bom que gostou :)
      Fico imensamente feliz que tenha conhecido um pouquinho da escrita de Poe por aqui.
      Beijo!

      Excluir
  5. Eu fico tão feliz com projetos como esse, que traz poesia, é lindo. Amo as palavras de Poe, que também me rementem ao livro Flores do Mal, de Baudelaire.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro poesias também. Ultimamente parei de escrever, e só estou lendo os de Poe por causa do projeto mesmo. Preciso retomar o hábito.

      Excluir
  6. Tenho muita curiosidade de ler os escritos do Poe, que é sempre muito bem aclamado. Não conhecia esse poema e adorei! Apresar de não gostar muito de poesia, gostei da dica.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado :)
      Beijão!

      Excluir

Adoraríamos saber o que você achou do post!

Categorias