Título: O Bazar dos Sonhos Ruins
Original: The Bazaar of Bad Drems
Autor (a): Stephen King
Número de páginas: 527
Ano: 2017
Tradução: Regiane Winarski
Editora: Suma de Letras

Livro recebido como cortesia pelo Grupo Companhia das Letras

Mestre das histórias curtas, o que Stephen King oferece neste livro é uma coleção generosa de contos – muitos deles inéditos no Brasil. E, antes de cada história, o autor faz pequenos comentários autobiográficos, revelando quando, onde, por que e como veio a escrever (ou reescrever) cada uma delas. Temas eletrizantes interligam os contos; moralidade, vida após a morte, culpa, os erros que consertaríamos se pudéssemos voltar no tempo... Muitos deles são protagonizados por personagens no fim da vida, relembrando seus crimes e pecados. Outros falam de pessoas descobrindo superpoderes – como o colunista, em “Obituários”, que consegue matar pessoas ao escrever sobre suas mortes; ou o velho juiz em “A duna”, que ainda criança descobre uma pequena ilha onde nomes surgem misteriosamente na areia – nome de pessoas que logo morrem em acidentes bizarros. Em “Moralidade”, King narra a vida de um casal que vai se despedaçando quando os dois mergulham no que, a princípio, parece um vantajoso pacto com o Diabo.


A obra mais recente de Stephen King publicada no Brasil abrange grandes histórias de tirar o fôlego.

Sem filtro de censura, ele retrata fielmente a realidade humana. Os contos trazem a alma escancarada, no mais íntimo e pérfido medos e desejo das pessoas. Tudo isso em um ambiente misterioso, tenso e instigante.

Para conhecerem um pouco do que estou falando, trago resumos dos quatro contos que mais gostei.

Milha 81

O pequeno Pete Simmons foi dispensado pelo irmão mais velho da brincadeira dos garotos do bairro por ser considerada uma atividade muito perigosa para ele. E ao invés de ir para casa, resolve entrar em um terreno baldio, para provar a si mesmo que era mais corajoso que qualquer outro menino. O lugar levava a área de descanso da milha 81 que estava abandonada. Tudo estava em ruínas, o posto de gasolina, o antigo Burger King... Mas os jovens utilizavam a área para suas diversões particulares. E lá foi Pete, sozinho.

Ao entrar no Burger King abanado, achou uma garrafa com um resto de bebida alcoólica e resolveu experimentar. Como era a primeira vez que provava, ficou sonolento e dormiu em um colchão velho.

Enquanto isso, no lado de fora, na pista sul da I-95, uma perua vintage toda cheia de lama, estaciona na antiga área de descanso, e começa a preocupar os demais transeuntes que passam pela interestadual.

Para os fãs de Christine é uma ótima pedida!

Garotinho Malvado

Durante o seu julgamento, George Hallas não fez e nem disse nada para provar ser inocente, agora ele está no corredor da morte, mas antes resolve contar tudo ao seu advogado Bradley.

Segundo ele, desde a infância, havia um garotinho malvado que o perseguia. Sempre que George estava feliz, e com alguém que amava, o garotinho dava um “jeito” de provocar algum acidente, e, consequentemente, causando a morte dessas pessoas.

A princípio Hallas achava que era loucura da sua cabeça, pois com o passar dos anos o menino continuava com a mesma aparência, usava as mesmas roupas, e tinha a mesma voz (o pior era um boné com hélice que ele usava e dava um ar maior de infantilidade). Mas quando sua esposa perde o bebê, Hallas fica paranoico e resolve tentar acabar com a vida daquele pestinha.

Bradley sente pena de Hallas, e se lamenta por não ter alegado loucura e livrado o cliente da pena de morte. Porém, ele verá que o depoimento exclusivo do condenado não era tão loucura assim.

Moralidade

Nora é uma enfermeira particular e cuida de um reverendo debilitado chamado Winston. Seu marido Chad trabalha como professor substituto, e nas horas vagas como escritor, portanto o dinheiro é um grande problema em suas vidas.

Certo dia, Chad chega a casa e Nora lhe conta sobre uma proposta que o reverendo lhe fizera. Por ter passado a vida toda sendo certinho, sem cometer nenhuma loucura, Winston diz que daria muito dinheiro para Nora se ela cometesse uma atitude horrenda e filmasse para ele ver.

Chad e Nora ficam pensativos, mas como é muito dinheiro envolvido eles passam a se preparar para filmar o “ato” terrível e imoral.

Obituários

Ao escrever um obituário de forma engraçada Mike consegue emprego de redator em uma revista online chamada Neon Circus, um site dedicado às fofocas das celebridades, pouco ou bastante conhecidas.

Como seus textos estavam fazendo bastante sucesso, ele decide pedir um aumento para a sua redatora chefe, Jeroma. Ela não lhe concede o aumento pedido, e pra piorar, acaba humilhando-o. Dessa forma, ele fica irritado e com vontade de escrever uma nota de falecimento com o nome de Jeroma, apenas para descarregar sua raiva.

Porém, o que ele escreveu acabou acontecendo. Quase da mesma forma que estava descrito no obituário.  A princípio pareceu uma terrível coincidência, mas ao testar escrever o obituário de um bandido que já estava sentenciado, Mike percebe que tem o dom de “matar” as pessoas apenas escrevendo em seu laptop.

O que ele vai descobrir mais tarde, é que ao escrever o obituário de estupradores, várias pessoas com o mesmo nome também acabariam tendo o mesmo fim.



As vinte histórias vão de possíveis cenas do cotidiano comum, revelando pensamentos e atitudes sujas dos indivíduos, situações sobrenaturais, personagens com dons de prever ou controlar a morte, até poemas com teor reflexivo. A verossimilhança dos contos mostra de forma bem convincente sobre o que a mente humana é capaz de fazer.

O autor nos aproxima ainda mais às suas histórias, ao relatar antes de cada conto ou poema como foi o processo de criação, como surgiram as ideias para escrevê-las, ou de que forma ele teve que lembrar de algumas e reescrevê-las.




Foi bem difícil para mim escrever sobre o livro, pois como adoro a escrita do autor, sou um pouco suspeita para falar. Vocês podem conferir o mesmo fanatismo nas resenhas de Misery e Doutor Sono (para ser direcionado à resenha basta clicar no título). É inexplicável a maneira como ele conquista o leitor nas primeiras páginas, pois é muito envolvente.

Sem esquecer de comentar que a editora Suma de Letras, como sempre, está arrasando em sua diagramação. As folhas são levemente amareladas, com a letra média, ótimas para leitura. E essa capa linda? É de fato um presentão para os leitores do gênero. Recomendo imensamente!


40 Comentários

  1. Olá sou nova por aqui.
    Nunca li mais depois de ler sua narrativa fiquei louca pra ler.
    PS já adicionei a lista rsrs
    Bjos

    Https://raquellmareni.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Seja bem vinda Raquel!
      É uma ótima leitura! Você vai gostar!
      Beijo!

      Excluir
  2. Ola
    Eu gostaria de poder fazer essa leitura também, ainda mais sendo do autor e por já ter lido alguns comentários bem positivos a respeito. Amei poder conferir a sua resenha, e as fotos ficaram incríveis também! Já adicionei essa recomendação na minha lista de desejados. A editora sempre arrasando nas edições né?!
    Beijos, F

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Indico qualquer um do King, pois cada livro dele que leio fico encantada.
      As edições da Suma são lindas, e se possível quero colecionar o máximo que eu conseguir *-*
      Beijo!

      Excluir
  3. Oi Ana, realmente a capa está diva. Ainda não li nada do autor, mas acho que esse livro com 20 contos é uma ótima forma de iniciar.Quem sabe em breve, bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! É uma ótima leitura! Não vai se arrepender ;)
      Beijo!

      Excluir
  4. Oi.

    Essa capa é muito linda! Ainda não tive a oportunidade de ler nada do autor, mas tenho muita vontade. Tenho medo de seus livros também. Antes não gostava muito do gênero que o autor escreve, mas comecei a me interessar mais. Estou bem ansiosa e espero que consiga ler logo esse livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Também adoro a capa!
      Antes eu tinha medo de ler, mas confesso agora que se tornou um dos meus gêneros favoritos. A gente imagina do nosso jeito então fica mais "leve" rsrs
      Ótima leitura! Você vai gostar!

      Excluir
  5. Oiii,

    Eu nunca li nada do Stephen King, embora leia maravilhas de suas obras, e sua resenha tenha deixado bem claro o quanto você é fã da escrita dele, eu sou medrosa de mais e me impressiono fácil de mais pra poder ler qualquer obra dele. Tenho muita vontade de ler, mas sempre volto atrás pelo medo mesmo kkkk. Ótima resenha e uma dica maravilhosa pra quem gosta do gênero.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Aninha! Haha entendo... Também sentia o mesmo, mas na leitura consigo moderar um pouco rsrs
      Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  6. Acredita que ainda não encontrei um livro do autor que me prendesse?! Acho sua narrativa descritiva demais, e acabo me cansando.
    Mas como gosto muito de contos, acho que esse livro é uma opção muito válida, até mesmo porque os temas são variados e posso alternar com outras leituras.
    Beijos!!
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E é bem por isso que curto ele rsrs Adoro a descrição bem detalhada :)
      Espero que goste, Paty!

      Excluir
  7. Olá!
    Aiii eu sou como você, toda vez que vou falar de Stephen King eu transmito o meu fanatismo para a resenha, isso é muito inevitável! Eu estou doida para ler esse livro, porque desde que eu li Escuridão Total Sem Estrelas, que também são contos do nosso amado King, eu fico louca atrás dos livros de contos dele, aí quando foi anunciado o lançamento desse, fiquei doida para comprar, mas infelizmente, os livros do autor são muito caros e eu ainda não tive a oportunidade adquiri-lo. Eu adorei os contos que você selecionou, parecem ser bem legais e aterrorizantes!
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! É muito amor né? *-*
      Também fico babando nos livros, e demoro bastante para poder comprar bem por ser caro :(
      Fico imensamente feliz que tenha gostado :*

      Excluir
  8. Oie!
    Acredita que ainda não li nada do Stephen King? Sério, não li nenhum kkk
    Mas acredito que vou gostar muito da leitura, só preciso começar a leitura por algum dos livros dele rsrs
    Vou anotar mais essa dica de livro do autor para conferir, vamos ver qual vou escolher para começar a leitura.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Menina, te recomendo todos, todos mesmo! haha
      Mas sério, não vai se arrepender ;)

      Excluir
  9. Oi, Ana

    Eu adoro essa capa e quase solicitei esse livro, mas por se tratar de uma coletânea de contos eu preferi esperar, pois não costumo ler contos assim, prefiro os avulsos pq não gosto de ler um conto atrás do outro. Mas pretendo ler o livro e gostei da proposta do conto Moralidade. King arrasa muito!

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá
    Eu nunca li nada do King, por que sou uma medrosa de carteirinha, mas eu tenho grande curiosidade em conhecer sua escrita e sua narrativa, pois são tantos elogios que fica difícil resistir. Não sabia que o livro era de contos, já tinha visto a capa,mas como disse sou medrosa e quando vejo algo do King sei que não é minha praia. Achei muito bacana ele colocar sobre o processo de criação. Vou deixar a dica passar por que ainda sou medrosa, mas com toda certeza indicarei a amigos que gostam do gênero por que parece ser uma ótima pedida. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Eu também tinha receio, menina, mas acredita que me peguei apaixonada logo nas primeiras páginas? haha
      Espero que goste das leituras mais leves, como Zona Morta. Que é um livro excelente :)

      Excluir
  11. Oie! Tudo bem?

    Estou com esse livro na lista de desejados e espero em breve poder conferir de perto esses contos, já li várias resenhas positivas sobre essa obra então estou com a expectativa a mil! Nunca li nada do King, mas não nego que sou fã dele, esse cara sabe escrever!

    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Que bom, espero que goste! :)
      Obrigada pelo coementário!

      Excluir
  12. Olá, tudo bem?
    Vou ser bem sincera e te confessar que nunca tive a menor curiosidade de ler nada do Stephen King. Como a maioria dos livros dele são mais voltados para o terror, é um autor que não considero ler.
    No entanto, achei interessante ele incluir antes dos contos e poemas um pouco sobre o processo de criação e de onde ele tirou as ideias. Não é um livro que eu pretenda ler, mas acredito que é uma boa leitura para quem gosta do gênero ou é fã do autor.
    De qualquer forma, adorei sua resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Malu! Que pena... Mas tens razão, quem gosta do gênero vai se encantar :)
      Que bom que gostou! Obrigada!

      Excluir
  13. Olá!

    Muitas coisas me fazem querer ler esse livro e a primeira delas é o fato de se tratar de algo produzido pelo King, e ele não tem essse sobrenome a toa, não é? Essa capa também me deixa tentada a querê-la na minha estante, deixando tudo mais lindo e misterioso e por último, amo livros de contos. Só uma coisa me deixa com a pulga atrás da orelha: eu sou uma medrosa por natureza, não sei como irei lidar com essas coisas que você muito bem trouxe em sua resenha. Só sei que quero tentar. King merece!
    Super obrigada pela dica!

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ingrid! Espero que possa ler um dia! A escrita dele é ótima e viciante :)
      Fico feliz que tenha te agradado! :*

      Excluir
  14. Oi
    Acredita que não sabia que esse livro era uma coletânea de contos?
    Mas adorei saber, pois nunca li nada de King e acho que essa é uma excelente oportunidade de conhecer a elogiada escrita e estilo. Gostei da forma como você apresentou o livro, sem entregar demais cada um dos contos. Também adorei as temáticas
    Dica anotada! Espero ler em breve!
    Beijinhos
    Rizia Castro - Livroterapias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Obrigada pelo comentário, Rízia!
      Espero que possa ler e se encantar com king também :)
      :*

      Excluir
  15. Olá Ana,
    Também sou pirada no King, acho que tudo o que ele escreve é interessante, mas confesso que não tenho vontade de ler esse título, pois estou um pouco cansada de livros de conto, pelo menos, no momento. Sua resenha não está bajuladora e é muito positivo que o autor tenha optado por cenas do cotidiano.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bruna! Já eu gostei que tive a oportunidade de ler várias histórias do autor em um só livro hehe
      Obrigada! Tentei não colocar muito minha empolgação, e fico feliz que não tenha me envolvido tanto, mesmo achando que tenha sido assim rsrs
      :*

      Excluir
  16. Olá!!
    Acredita que do King só li um livro... E como adoro livro com contos fiquei bastante interessada nesse livro..curti bastante 2 dos 4 contos que vc mencionou e claro que já anotei essa dica de leitura..quero ler mais livros desse autor!!

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2017/07/resenha-quando-noite-cai-carina-rissi.html#comment-form

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Que bom que gostou, Anne *---*
      Fico feliz!
      Ótima leitura! :*

      Excluir
  17. Olá, tudo bom?
    Nunca li nada do autor mas fiquei bem curiosa com esse livro de contos, principalmente com Obituários! Muito interessante essa questão dele conseguir matar pessoas escrevendo obituário delas e descobrir que acontece o mesmo com quem tem o mesmo nome. Quem sabe esse conto não sei a primeira coisa que leia do autor?
    Amei sua resenha, me deixou realmente com vontade de ler ^^
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Polly! Fico imensamente feliz que tenha gostado!
      Foi um dos mais interessantes mesmo :)
      :*

      Excluir
  18. Oi Ana,
    eu nunca li nada do autor mas vontade é o que não me falta, felizmente estou aguardando chegar aqui em casa "A hora do lobisomem" o mais novo livro dele lançado aqui no Brasil, vi esse e embora não tenha problemas em ler contos optei por iniciar minhas leituras das obras dele por um livro normal, mas se gostar é certeza que montarei minha coleção dele e consequentementemente também lerei esse.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Que felicidade *------* Fico muito empolgada quando as pessoas começam a ler esse autor, pois é um dos meus favoritos!
      Espero que goste! :*

      Excluir
  19. Olá!
    Eu acho que sou uma das poucas pessoas na terra que nunca leu nada do Stephen King hahaha Eu adorei a sua resenha e a maneira que você falou dos seus contos preferidos, de fato dá para ver como você curte a escrita do autor e nos dá vontade de conferir também.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! haha
      Se for pelo gênero, ele escreve vários estilos :)
      Espero que possa conhecer um dia.
      Beijão!

      Excluir

Adoraríamos saber o que você achou do post!

Categorias