Olá pessoas!
Como vão nesta linda sexta-feira! Hoje vou fazer um "entre aspas" um pouco diferente do que estou acostumada... O fato é que sempre faço e livros que já li, porém hoje vou fazer de um que ainda estou lendo.

O Ciclista Mascarado é uma obra que conta a história real do musico Neil Peart e da aventura de bicicleta que ele fez pela Africa Ocidental, especificamente em Camarões.

O livro além de contar muito sobre a cultura e a realidade dos locais por onde passou e das pessoas, traz várias reflexões que o musico teve durante a jornada. Eu estou adornado a leitura, por isso não quis esperar mais para poder compartilhar um pouco deste livro com vocês! Em breve vai ter resenha do mesmo aqui no blog!

"Mas esta é a parte boa do futuro: não apresenta qualquer falha até que se torne presente."
"'Homem Branco! Homem Branco!', gritava uma voz de algum lugar, e eu sacudi a cabeça [...]  Soube mais tarde que não era um termo de cunho racial, mas algo cultural, um nome genérico para europeus e norte-americanos. Anni e Elsa também eram constantemente chamadas de 'Homem Branco', e até mesmo Leonard era considerado um 'Negro-Homem Branco'."
"Essa é uma condição que não deveria ser compartilhada: o mau humor é um estado solitário e triste, que não tem uma causa real nem uma cura. Ele simplesmente tem que passar."
"Mais uma vez fui obrigado a lembrar que cada palavra tem importância. Não se pode dizer que alguém é feliz porque experimentou um prazer momentâneo. [..] Num sentido real, a felicidade leva tempo." 


Deixe um comentário

Adoraríamos saber o que você achou do post!