Título: O Duque e Eu
Original: The Duke and I
Autora: Julia Quinn
Número de páginas: 288
Ano: 2013
Editora: Arqueiro


Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo.Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta.
Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.


Daphne Bridgerton é a quarta filha da família, tendo crescido rodeada por 3 irmãos mais velhos, ela sabe bastante sobre “como os homens são”, mas ainda é uma dama da sociedade, totalmente inocente e a procura de um marido. Ela também tem outras 3 irmãs mais novas, que em breve serão apresentadas a sociedade e um irmão mais novo. Vivendo em uma família grande e amorosa, a única coisa que quer para si e um casamento tão bom quanto o de seus pais. Mas Daphne não tem certeza se irá conseguir, afinal, todos os melhores partidos e potenciais pretendentes só a vêm como uma amiga querida, e seus reais pretendentes, ou são muito velhos, ou totalmente fora do gosto pessoal da menina.

Cansada de ser arrastada pela mãe aos bailes e de conversas intermináveis com homens que ela não está a fim de conhecer melhor, Daphne está um tanto frustrada e perdendo as esperanças, até que um tal Duque chega a cidade e este vem a ser um dos melhores amigos da época de faculdade de seu irmão mais velho, Anthony. O duque, ou Simon como prefere ser chamado, logo conhece toda a família Bridgerton e bola uma ideia mirabolante que, ao mesmo tempo em que vai fortalecer as chances de Daphne de se casar, vai afastá-lo das incansáveis mães, que nada mais querem do que arranjar um bom marido para as filhas, e olha que um Duque não seria má ideia.

"- Seria um desperdício uma menina inteligente como você se prender àquele tonto - afirmou Lady Danbury. - E Deus sabe que a sociedade não pode se dar ao luxo de desperdiçar as garotas inteligentes que tem."

Este foi o primeiro romance de época que li. Nada do que escrevi acima é spoiler, pois está na sinopse do livro. Eu posso dizer que fiquei encantada com a história e a escrita de Julia Quinn, mas esperava mais do desenrolar. Achei a história do Simon e da Daphne um tanto cansativa e bem previsível, mas de modo algum a leitura foi ruim. A escrita da autora é bem fluida, o que fez com que eu devorasse as páginas em pouco tempo.


Sobre a protagonista, posso falar que ela é muito inocente ao mesmo tempo em que tem um ótimo senso de humor. Em alguns momentos me vi irritada com ela por ser tão bobinha, mas levo em consideração a época em que a história se passa. Já sobre Simon, posso dizer que não simpatizei muito com o Duque. Fiquei sensibilizada com a história da infância dele, mas, ele sofre daquele mal de mocinho de romance, possessivo, super protetor e com aquela lenga-lenga de “nunca mais vou respirar se me afastar de você”. Já cansei destes mocinhos irreais.

O restante do elenco é basicamente a Srª. Violet, mãe da adorável Daphne e de mais outros 7 filhos. Os três irmãos mais velhos da garota, principalmente Anthony, um chato de galochas (até desanimei de ler o segundo livro que tem enfoque nele) que passou as 288 páginas do livro com um desejo doentio de matar o melhor amigo. E claro, temos Lady Whistledown, uma fofoqueira, digo jornalista, que parece saber de tudo o que se passa em Londres e não deixa de documentar em seu jornal as maiores fofocas dos bailes e da vida dos londrinos.

"Nos últimos dias, Londres foi tomada por mamães ambiciosas. No baile de Lady Worth, semana passada, esta autora viu nada menos que onze solteiros determinados se escondendo pelos cantos e por fim deixando o local com as mães ambiciosas nos calcanhares."

Em suma o livro me agradou, assim como a história e o gênero (estava louca para descobrir se gostava ou não de romance de época, rs). Se pretendo dar continuidade a série? Posso dizer que sim. Mas não estou com aquela ânsia que sinto às vezes ao começar uma nova saga.

E vocês, o que me podem dizer sobre este livro? Tem curiosidade em ler? Já leu? E sobre os tão comentados romances de época? Temos fãs aficionados por aqui? Deixem seus comentários, adoramos saber o que nossos leitores estão pensando.



17 Comentários

  1. Ola
    Sou apaixonada pelos livros da Julia Quinn e é claro que sempre recomendo muito essa leitura. Sou muito fã do gênero, então sou suspeita ao comentar. Adorei poder acompanhar suas impressões e espero que você continue a ler os outros da série sim, porque vale muito a pena!!
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  2. Oiii
    Bom diaaa
    Amei tua resenha
    Como não se apaixonar por Julia quinn
    Ela é uma das autoras mais agradável da atualidade.e minha favorita está no meu topo rsrsrs
    Daphne e Simon são encantadores espero que vc continue a ler a série e se apaixone por todos rs

    ResponderExcluir
  3. Oi
    Mais uma fã para Quinn.
    Apesar de não ser muito fã de Romances de Época, preciso reconhecer que essa autora escreve livros maravilhosos.
    Com certeza vale a pena ler toda a série.
    Adore a resenha.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  4. Oiee! Td bem?
    Nossa eu comprei a coleção da Julia Quinn, mas não consigo gostar de romance de época! Depois de ler a sua resenha, estou pensando em dar uma chance e começar, mas vou sem expectativa nenhuma, para não me desesperar muito caso não goste <3

    Bjus

    ResponderExcluir
  5. Sou uma grande apaixonada por romance de época e Julia Quinn é uma de minhas favoritas no genero. Esse primeiro livro da série foi um daqueles que não consegui largar até o final da história. E li os outros da mesma forma, sem folego. Esperei para poder ter todos e quando acabou ficou uma sensação de vazio tremenda. Agora estou esperando para poder ler o Quarteto Snythe-Smith, que só vou começar quando estiver com os 4 livros em mãos.

    ResponderExcluir
  6. Eu terminei de ler esse livro há alguns dias e só posso dizer que senti o mesmo que você. Ao contrário de você, já tenho bastante costume de ler romances de época, por isso mesmo que fui me aventurar con esse livro. Gostei bastante da escrita da Julia, mas a história é bem simples e realmente muito previsível. Ela não aprofunda muito nos personagens e eles parecem cópias de personagens de livros hots que estava em moda há algum tempo. Não que isso torne o livro ruim, ele é bonitinho e bom para passar o tempo, mas não é nada espetacular ou incrível xD
    Devo ler o resto da série tb, mas bem no futuro rsrs

    Gostei bastante da resenha (e tb por descobrir q n sou a única xD)

    Abraços

    Ultimasfolhasdooutono.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Olá,

    Não gosto tanto de romances de época, mas de tanto ouvir falar sobre os livros da Julia, esto quase abrindo uma exceção. Que bom que ficou encantada com a história logo no primeiro contato com o gênero. Personagens com senso de humor são na maioria das vezes agradáveis mesmo. Adorei poder conferir a resenha!

    www.virandoamor.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Nina!
    Também não costumo ler romances de época.O único que li foi Orgulho e Preconceito da Jane Austen e acabei gostando.
    Da Julia Quinn pretendo começar a nova série dela pra ver se gosto pra depois começar a ler Os Bridgerstons kkkkkkkkkk
    Mas tenho a sensação que vou ter a mesma opinião que você:vai ser uma leitura fluida mas nada excepcional,vamos ver.
    Beijos!

    http://livreirocultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. oi
    Já li várias resenhas a respeito desse livros, mas nunca li, a história me parece ótima e sempre vejo alguém que leu ficar suspirando,espero em breve conseguir ler essa série ( mais so de pensar em 8 livros me da uma preguiça rsrs )

    ResponderExcluir
  10. Oie amore,

    Se fosse um tempo atrás passava a dica... mas acabei lendo um livro de época e me encantei pela temática....
    Adoro essa série e quero ler todos...
    Adorei sua resenha, parabéns!

    Beijoka!

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?
    Confesso que sou um apaixonado por romances de época, mas não li nada da autora ainda e fico feliz que para você o livro tenha sido proveitoso. A capa está linda, e os personagens pelo que você nos passou me pareceram ser bastantes bem construídos, só não sei se teria saco para ler uma série, pois geralmente procuro livros únicos neste tipo de gênero. De qualquer maneira irei a notar a sua dica.

    ResponderExcluir
  12. Olá Niina,
    Já tive o prazer de ler esse livro e lembro que o favoritei para a vida, pois gostei muito da história. Acho que o ponto alto dela é a inocência da Daphne mesmo. As mocinhas da época não tinham a mesma malícia que nós temos hoje e isso é bacana.
    Fico contente que você vá continuar a série e preciso te confessar que sou uma apaixonada por romances de época haha
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Li este livro ano passado e terminei a leitura suspirando. Que bom que você gostou do livro e que o gênero também te agradou.
    Espero que possa ler os outros livros desta série.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Acho que devo ser de outro planeta, sou a única que não leu esse livro ainda. E olha que adoro o gênero.
    Não sei porque, só pelo seu comentário, também não gostei do Anthony, ainda mais que ele tem essa vontade obsessiva de matar o melhor amigo.(Como assim!?)
    Acho que a minha expectativa em relação a essa saga e esse livro em particular está bem alta.
    Foi bom saber que a leitura te agradou. Me dá um ânimo maior.

    ResponderExcluir
  15. Oie,
    Eu não li ainda nenhum livro dessa coleção da Júlia. Fica até difícil dizer se gosto ou não. Mas pelas tuas impressões, é um livro que fecha com chave de ouro os outros, não é? Apesar de se colocar muita expectativa nele. Vejo pessoas dizendo que o terceiro é maravilhoso, mas daí não sei, já que eles seguem uma linha!
    att

    ResponderExcluir
  16. Oii
    Sou suspeita de falar de qualquer livro da Julia Quinn, mas posso te dizer sem sombra de duvidas que os próximos livros são infinitamente melhores que o primeiro. O terceiro e o sexto são meus favoritos e amorzinhos da vida. Mesmo tendo gostado, continuar a lê-los não irá se arrepender de jeito nenhum ♥
    Bjos

    ResponderExcluir
  17. A farsa que Simon Basset e Daphne Bridgerton apresentam perante à sociedade vai sair pela culatra para eles, pois ambos vão acabar se apaixonando!! Apesar de Simon não querer se casar, tenho certeza que ele irá acabar se rendendo aos encantos de e Daphne Bridgerton !! Adoro romances de época!! Ansiosa para ler!! Este livro está muito bem comentado!!

    ResponderExcluir

Adoraríamos saber o que você achou do post!