Título: Não Pare!
Autora: FML Pepper
Número de páginas: 280
Ano: 2015
Editora: Valentina

Nina Scott não suportava mais a vida nômade e solitária que sua mãe, Stela, a obrigava a ter. Mudar de cidade ou de país a cada piscar de olhos, conviver com tantas perguntas que a consumiam, assombrada por mistérios de um passado guardado a sete chaves. Agora, aos 16 anos, a garota das estranhas pupilas verticais exigia respostas.
E, para sua péssima sorte, elas já estavam a caminho!
Quando Stela decide ficar em Nova York, Nina acredita que seu sonho de ter uma vida normal vai se tornar realidade. Finalmente terminará o ano letivo em um mesmo colégio, poderá fazer amigos sem ter que abandoná-los em seguida, viver um grande amor, amadurecer, criar raízes... Enfim, curtir a juventude. Mas o “normal” está muito longe da vida de Nina!
Perdida no olho de um furacão de mortes e inexplicáveis acidentes, tendo que esconder os terríveis fatos da mãe paranoica, Nina começa a desconfiar da própria sanidade mental, de tudo e de todos. O que explicaria os paralisantes calafrios, a perda de visão e de memória que experimentava sempre que alguém morria ao seu redor? O que ela teria a ver com os bizarros e sobrenaturais acontecimentos? Estariam eles interligados?
Seria a Morte sua companheira para toda a vida?
É chegada a hora da verdade.

A vida de Nina não é nada fácil. A garota tem uma mãe superprotetora que a faz mudar de cidade e até mesmo de país ao menor sinal de problemas. Como se já não bastasse, ela nasceu com uma deformação nas pupilas, que, ao invés de ter as íris arredondas, são achatadas, parecendo as de um felino. Sua mãe, Stella, se tornou uma bem sucedida criadora de lentes de contato para amparar a filha, e desta forma ela passa despercebida pelos outros. Nina já morou em mais países que consegue lembrar e aprendeu a falar ao menos o básico de várias línguas. Após um “atentado” em Amsterdã, Stella decide que é hora de mudar novamente e elas vão para New York, um local que já moraram há muitos anos atrás e por isso é um dos favoritos de Nina. Em mais uma escola nova, Nina sente que quer criar raízes, sua mãe esteja contente com isto ou não. Vários acidentes passam a ocorrer na vida da menina, mas ela atribui tudo isso a má sorte que a persegue e nunca os menciona para mãe, com medo de ela ter um ataque de superproteção parental e resolver se mudar novamente. 
Na nova escola ela passa a se relacionar com os colegas e conhece o interessante Kevin e o arrogante, porém bonito, Richard.  E a partir daí, as coisas começam a se complicar e muitos acontecimentos, que mais parecem histórias de fantasia e terror, passam a fazer parte do dia a dia de Nina.

Tenho que dizer que eu esperava muito mais do livro. Li milhares de comentários favoráveis dizendo como o livro era lindo, maravilhoso, perfeito e etc... Mas a minha realidade foi bem outra! A protagonista, Nina, é uma garota muito ingênua e chata. Como pode uma pessoa que já viajou o mundo, morou em boa parte dele e já conheceu diversas pessoas (mesmo que não a fundo) seja tão ingênua? Não consegui ter afeição por ela em nenhum momento! Nem mesmo as cenas mais sentimentais me fizeram ter empatia por ela ou por qualquer outro personagem. Além da menina ter um péssimo gosto para namorados. Richard também é um bobão. O personagem é completamente confuso, e okay, isto faz parte da construção dele, mas achei as atitudes muito idiotas e até bobinhas. Era para ele ser o galã apaixonante? Não passou nem perto! Rude, egocêntrico e antipático soariam melhores características para ele.
“Meu coração disparou e enrubesci furiosamente sob seu exame minucioso. A beleza de Richard era de tirar o fôlego [...]”
Sobre a história no geral, ela poderia ter sido muito mais bem construída. A autora teve uma ideia genial e bem diferente de tudo que já li, mas as ações ficaram forçadas e sem sentido. Algumas cenas ocorriam tão rápido que eu nem conseguia acompanhar e outras se arrastavam sem ter uma real necessidade. Mas o que me incomodou, realmente, foi o romance. Quando e por que os dois se apaixonaram? Eu não sei dizer. O que me apareceu foi: Nina era uma menina super carente e se apaixonava por qualquer bonitão que desse mole. FIM. Sério. Além do fato de ela sempre descrever o Richard como lindo e blá, blá, blá não teve mais nenhum ponto positivo para o cara! Ele era antipático, rude, irônico e não deu a menor pinta de estar afim dela até os miraculosos últimos capítulos quando a história resolveu se desenvolver e para com aquela lenga-lenga de “meu clã” “minha missão”...
Para mim, não funcionou. A história tem vários pontos altos, mas que poderia ter sido mais bem desenvolvida em alguns aspectos.

E vocês, caros leitores? Já tiverem experiência com esta leitura? O que acharam? E quem ainda não leu tem interesses em fazer a leitura? Contem-me tudo nos comentários!


Este livro faz parte do desafio I Dare You, mês de fevereiro, tema “Tema surpresa”, onde as criadoras do desafio nos indicavam um livro (atrasado, mas saiu!) hahaha.

28 Comentários

  1. Eu já li esse livro, e gostei. Porém, concordo com você que tem pontos que poderiam ter sido melhor explorados. Eu acho que ele vendeu super bem e conquistou o público justamente por ser algo diferente e inovador, mas até hoje me pergunto por que diabos os carinhas arrancavam os olhos das moças? Tipo, não eram os olhos de gato, então para que arrancar? Meio que não fez sentido para mim.
    Também acho a Nina super bobinha em alguns momentos, mas aí eu decidi ir para o livro 2 e gostei bastante de uma "pequena" evolução dela.
    Outra coisa que me pergunto até hoje é como eles se apaixonaram hahaha realmente, ele só esnobava, tratava ela como mercadoria e tal. Gosto mais dos outros meninos do outro clã que ajudam ela.
    NO mais resenha bem pontuada, gostei.

    beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Letícia.
      Eu já não consegui me engajar na história, então vou dar por concluida a série para mim, rs

      Excluir
  2. Olá, tudo bem?
    Adorei a sua resenha, mas esse é um livro que tenho 0 vontade de ler.
    Eu adoro livros nacionais, eles que dominam a minha estante, mas não consigo gostar desse.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  3. Pena que não houve uma construção melhor das cenas para não dar essa impressão de que foram forçadas. O bom é que é um livro nacional e isso já ganha muitos pontos!

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Luisa, li mais pelo fato de ser nacional e ter visto muitos comentários por ai, no entanto, não me agradou.

      Excluir
  4. Poxa, Niina.
    Que pena que para você esse livro não rolou!
    É uma das poucas histórias nacionais que tenho muita curiosidade em ler, mas vou baixar um pouco minhas expectativas!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Camila
      Você precisa ler, vai que seu gosto é diferente, certo?
      Todos tem que tirar sua própria conclusão, ;-)

      Excluir
  5. Oi, Niina! Eu tenho curiosidade em conhecer essa história, mas confesso que de tanto as pessoas falarem e de eu ler uns trechos do livro que a autora posta no Facebook e no Instagram dela, também tenho um pouco de receio de não gostar tanto quanto a maioria dos leitores kkk. Mas amei a sua resenha e gostei de saber da sua opinião sobre os personagens, fiquei aliviada em saber que não sou a única a ter receio sobre essa trilogia e espero ter uma boa experiência quando eu ler kk, bjss!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apesar de não ter funcionado para mim, também espero que a experiencia seja boa para você! ;)

      Excluir
  6. Heiii, tudo bem?
    Eu tenhos os livros e ja ouvi mta gente amar a historia.
    Ainda nao li, confesso, mas pretendo fazer esse ano ainda.
    Uma pena que o livro nao serviu pra vc, tb me incomoda qdo os mocinhos sao apenas bonitos.
    Nem so de beleza vive ne?
    Mas quero ler ainda, espero gostar mto, pois a Pepper é uma fofa.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah a autora é muito querida mesmo!
      Queria do fundo do coração ter gostado mais, mas infelizmente não deu. =/
      Espero que você goste. hihi

      Excluir
  7. Oi, Niina
    Acho que é a primeira pessoa que vejo fazendo uma ressalva sobre esse livro. Sempre tive vontade de ler, mas nunca tive oportunidade.
    Que bom que o livro é bom, apesar de sua observação. Mas que pena que não funcionou muito para você.

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem sabe para você funcione, não é mesmo.
      Eu no entanto estou abandonando as continuações.

      Excluir
  8. Olá, Niina! Já ouvi falar da série, mas ainda não havia animado em ler. Obrigada pelas suas ponderações. Estes pontos que te incomodaram provavelmente me atrapalhariam também. Ainda mais porque costumo ter problemas com fantasia, são livros que preciso ler com mais calma e que a história tem que me capturar desde o início. Irei esperar mais um pouco. Obrigada!

    ResponderExcluir
  9. Eu sou de grupo que não me interessa esse livro. Simplesmente olho para ele e não sinto a menor vontade. Gostei de ver sua opinião sincera sobre ele. Parabéns por isso.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Karine.
      O interesse inicial sobre o livro foi porque um blog parceiro falava muito bem dele por muito tempo, então resolvi dar uma chance. Acabou que a história não é para mim.

      Excluir
  10. Oi, li varias resenhas e tenho opiniões desse livro, não sei o que achar só lendo pra saber mais parece dos livros que vou gostar pois é de um gênero que eu gosto.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que leia e goste do livro!
      Depois me conta!

      Excluir
  11. Olá,

    Li esse livro há um tempinho já, na verdade fiz duas leituras, pois na primeira não gostei tanto da obra e só na segunda consegui realmente captar melhor a essência do livro. É uma história muito boa e a autora é um amor.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu queria muito ter gostado, sério!
      Eu acho a Pepper muito fofa também, um amor! Mas para mim não rolou =/

      Excluir
  12. Olá!
    Eu sempre observei essa capa nas livrarias, porque ela chama a atenção, mas nunca tinha parado para ler a sinopse, e até me surpreendi, porque o livro parece mais romântico do que a capa sugere, do que eu esperava.
    A sua percepção final também me desmotivou sobre... que pena, hahaha
    Obrigada pela dica!

    Bjs

    Pipoca com Café

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Sté!
      Obrigada pelo feedback. Também achava ser menos romântico, mas digamos que o romance é fraco e parece existir só na cabeça da protagonista. rs

      Excluir
  13. Oi,
    Eu li esse livro e gostei, mas concordo com você em vários pontos.
    A personagem é bem ingênua e ficava naquela ladainha, mas gostei bastante da forma diferente que a autora trouxe.
    Li o segundo livro e não gostei, acabei não lendo o terceiro.
    Beijos
    Daya

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii!
      Bom saber que não vale a pena continuar.
      Não consigo gostar de protagonistas 'sonsas'

      Excluir
  14. Olá! Pepper é demais, sou fã dela. Tenho os três livros mas ainda não li hihihi. Sério, preciso colocar todas minhas leituras em dia. Gostei da sua resenha e notei que você esperava algo mais, vou ter que ler pra saber também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Rafael. Meu gosto pode ser completamente diferente do seu. Eu também adoro a autora, acho ela super fofa como pessoa, mas para mim a trilogia não deu.

      Excluir

Adoraríamos saber o que você achou do post!