Título: A Queda da Casa de Usher
Original: The Fall of the House of Usher 
Autor: Edgar Allan Poe
Número de páginas: 48
Ano: 2007
Adaptação: P. Craig Russel e Jay Geldhof
Editora: Abril

Sinopse: Ele é conhecido como o Lorde Roderick Usher e está preocupado com a saúde da irmã, com a qual vive numa casa perdida no meio dos lagos. Um de seus amigos vai a este lugar carregado de angústia e enigmas e o encontra pintando com obstinação o retrato dela. Um dia, ela morre. Enterram-na em uma cripta do parque. Mas Roderick está persuadido de que ela está apenas adormecida. A partir daí começa uma série de fatos estranhos e misteriosos em torno da casa de Usher. Em "A queda da casa de Usher" as personagens parecem flutuar, as cortinas são agitadas por imperceptíveis tremores, o tempo fica como que suspenso. 



Roderick Usher pede para que um amigo vá urgentemente visitá-lo em sua casa. O conto é narrado por esse amigo de Usher, que fica impressionado com a atmosfera do lugar. O dia cinzento, melancólico e silencioso  já traz as primeiras impressões do ambiente onde mora Usher.

O proprietário encontra-se melancólico, perturbado e com aspecto cadavérico, o que faz com que o seu colega de infância fique preocupado. 


“A extrema palidez da pele e, acima de tudo, o miraculoso lustro dos olhos me surpreenderam e me espantaram”.

Usher explica que sua aparência doente era justificada por aspectos herdados de família. Seu amigo percebeu que o lugar macabro onde ele morava também influenciava sua condição mental. Porém, o que mais repercutia naquele estado era o fato da irmã de Usher estar com uma doença longa e severa.

A morte da mulher, logo após a chegada do narrador, deixa Usher ainda mais melancólico. Eles a enterraram em uma cripta abaixo da mansão, mas ele acredita que ela estaria na verdade apenas adormecida, e os barulhos estranhos que vem com uma grande tempestade faz com que seus argumentos pareçam verdadeiros.

Allan Poe, nesta instigante narrativa, nos faz mergulhar em seu universo macabro. É impressionante o modo como ficamos agoniados, conforme vão sendo relatados o ambiente, a condição dos personagens e o desenrolar da história. Usher e sua irmã parecem duas pessoas fantasmagóricas e que a qualquer podem fazer algo surpreendente. O mistério que envolve o possível enterro de uma mulher viva deixa no ar um sentimento aterrorizante.

O conto foi lido para o desafio literário “Doze meses de Poe” no mês de Janeiro, na edição disponibilizada pela criadora do desafio (confira aqui). Entretanto, acabei me deparando também com essa versão ilustrada maravilhosa e por isso fiz a resenha dela.






Por serem um pouco rebuscadas, às vezes obras clássicas acabam desanimando e fazendo com que os leitores percam o interesse pelos textos. Portanto, recomendo muito a leitura desse livro para quem quer começar a ler as histórias do autor e tem certo receio pela linguagem de suas obras. A adaptação ficou excelente e ficou mais fácil de entender.



Bem, espero que tenha despertado o interesse de vocês e que não deixem de comentar o que acharam. 

Grande abraço e até a próxima! =*






26 Comentários

  1. Confesso que é a primeira vez que eu ouço falar sobre esse livro e ele parece ter uma história bastante interessante.
    Obrigada por visitar o meu blog e parabéns pelo de vocês.
    Já estou seguindo e convido vocês para seguirem o meu também.

    www.paginasempreto.blogspot.com.br

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafa, obrigada pela visita! Fico feliz que tenha gostado!
      Vou retribuir com certeza! :* Beijos

      Excluir
  2. Olá, tudo bem?
    Eu queria muito ter participado desse desafio, porque ouço muitos comentários positivos em relação ao autor e sua escrita. Como você sugeriu, vou tentar começar por ele. Depois venho dizer o que achei. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siim! Ele é ótimo *-*
      HQ deixa mais leve e fácil de entender. Certeza que vai gostar ;)
      Beijoo :*

      Excluir
  3. Oie...
    Adorei sua resenha!
    O livro traz exatamente o tipo de leitura que estou buscando no momento! Achei a premissa encantadora e atrativa, portanto, vou adiciona-lo agorinha mesmo em meus desejados do Skoob.
    Valeu pela dica!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal, Diane! Vai gostar com certeza ;)
      Fico feliz que tenha ajudado com o que buscava :* Beijoo

      Excluir
  4. Olá, tudo bem?
    Eu acho maravilhoso esse desafio. Uma otima forma de incentivar a leitura desse autor tão especial da literatura.
    Esse é um dos contos de Poe que mais gosto. Pela intensidade e pelos significados.
    A varios outros também que provavelmente irei acompanhar no seu blog ao longo do ano. Beijos;

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Faby. Tudo bem e você?
      Fico feliz que tenha gostado!
      Também adorei o conto e espero que esse desafio possa produzir mais fãs de Poe :)
      Beijos :*

      Excluir
  5. Ana, é verdade que quando é uma obra clássica as pessoas meio que fogem ou ficam desmotivadas, mas é importante dar uma chance porque acaba se mostrando uma grata surpresa.
    Adorei o conto e a versão ilustrada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Déborah. Acredito que uma leitura mais ilustrada acaba chamando mais atenção e ajudando em uma compreensão melhor do texto.

      Excluir
  6. Que legal esse desafio. Para quem se identifica com a escrita do autor, é uma ótima oportunidade. As ilustrações ficaram excelentes. E esse enredo nos chama para ele. Pretendo ler em breve.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tammy! Que bom que gostou :)
      Realmente é maravilhoso... Ótima leitura! Se você gosta do gênero vai adorar...
      Beijoo :*

      Excluir
  7. OOi!
    Acho bem bacana esse projeto, porém, faço parte dessas pessoas que se desanimam com clássicos. Mas gostei de saber que essa é uma boa dica para quem deseja começar a ler as obras do autor. Dica anotada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Catrine! A linguagem um pouco rebuscada as vezes acaba desanimando mesmo, mas a versão ilustrada ajuda muito.
      Ótima leitura! Fico feliz que tenha gostado :*

      Excluir
  8. Sem dúvida a escrita rabuscada acaba afastando muitos leitores. Estas adaptações acabam conquistando novos leitores.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É realmente uma ótima alternativa :)
      Eu mesma adoro tanto as adaptações ilustrações tanto quanto as versões originais...

      Excluir
  9. Poe é sensacional, né?
    Acho esse desafio dos 12 meses de Poe bastante inteligente e necessário, de utilidade pública, parabéns pela resenha formidável e por participar desse projeto maravilhoso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siim *-* Maravilhoso...
      Obrigada, Lilian! Fico mega feliz que tenha gostado!

      Excluir
  10. Oi Ana!
    Nunca li nada do Allan Poe, e apesar de não gostar desse gênero "macabro", sempre fico curiosa a ler algo do autor. Talvez eu tente começar por esse, já que é um conto pequeno.
    Beijos e parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mercia! Alguns não são tão assustadores, mas tem um arzinho gótico do autor rsrs Mas recomendo muito! Os poemas são lindos também...

      Excluir
  11. Oi, tudo bem?
    Acho bem legal esse desafio! Queria conseguir participar mas não tenho foco para desafios!
    A premissa da história é bem interessante, lerei se tiver oportunidade!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Angélica!
      Eu me arrisquei em 3 desafios esse ano kkk Nunca tinha feito isso antes, mas acabo que vou terminando os livros que ficam há muito tempo na estante.
      Beijos :* Fico feliz que tenha gostado...

      Excluir
  12. Olá! Ainda não conhecia, mas vou anotar a indicação.
    Realmente, alguns clássicos, seja pelo tema ou linguagem pode dificultar um pouco durante a leitura,
    mas sempre é importante conhecermos diferentes obras e autores.
    Muito boa sua resenha, bjoooooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lorena! Clássicos são tudo de bom, e acredito que essa forma de atrair mais leitores para as obras é uma ótima alternativa.

      Obrigada! Que bom que gostou! Beijoo :*

      Excluir
  13. Olá!
    Eu adorei a sua resenha! Sou uma grande fã do autor, então qualquer obra dele me chama muito a atenção. Realmente, a leitura pode ser um pouco difícil, mas tenho certeza que vale muito a pena no final.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carolina! Que bom que gostou!
      Fico feliz quando encontro outros fãs :)
      Beijos :*

      Excluir

Adoraríamos saber o que você achou do post!

Categorias