Título: Misery - Louca Obsessão
Original: Misery
Autor: Stephen King
Número de páginas: 326
Ano: 2014
Tradução: Elton Mesquita
Editora: Suma de Letras

Após sofrer um acidente terrível de carro, ser cuidado por uma enfermeira não parece nada mal, certo? Errado!  No caso de Paul Sheldon é o pior dos pesadelos...

Escritor renomado, famoso por criar a personagem Misery e uma série de livros sobre ela, Paul resolve se dedicar a escrever outro gênero de leitura. Isolado num hotel distante, ele termina sua nova obra-prima, mas ao retornar para sua cidade sofre um acidente de carro em plena época de nevasca. Paul fica desacordado, e é quando Annie aparece para resgatá-lo, ou melhor, sequestrá-lo.

"Ele descobrira três coisas quase simultaneamente, uns dez dias após ter emergido da nuvem escura. A primeira era que Annie Wilkes tinha bastante Novril (na verdade, tinha muitos remédios de vários tipos). A segunda era que ela era viciada em Novril. A terceira era que Annie Wilkes era perigosamente louca." (p.17)

Ele descobre então que Annie não é apenas sua “salvadora”, mas diz ser sua fã número um. Ela já leu todos os livros sobre a heroína Misery, e é fanática pelas obras, por isso fica furiosa quando percebe o que acontece com a personagem no último livro.

"[...] Ela certamente não batia bem; dava pra ouvir os parafusos soltos chacoalhando quando ela mexia a cabeça." (p.37)

Por essa razão, Annie começa a torturar Paul, obrigando-o a reescrever outro final para Misery, utilizando métodos nada delicados para incentivá-lo, como uma faca, um balde com água e sabão, ou um machado, por exemplo.

"Depois de um tempo ele começou a sentir fome e sede, mesmo em meio à dor. No começo o Rei da Dor estava lá na frente e Eu Tô Com Fome estava 200 metros atrás. Sede Pra Burro estava lá no final, na poeira. Então, por volta do nascer do sol do dia em que Annie partira, Eu Tô Com Fome chegou a assustar o Rei da Dor, colando nele." (p.45)

Paul precisará correr contra o tempo para tentar achar um jeito de sair dessa com vida, mas a “deusa”, como ele começa a chamar Annie em sua cabeça, não parece dar moleza um momento sequer.

(Créditos na imagem)
Preciso comentar que sou apaixonada pelas obras desse autor... Portanto, sou super suspeita pra falar. Até já fiz uma resenha bem empolgada do livro Doutor Sono (confira aqui).

Stephen King conseguiu mais uma vez me fisgar do início ao fim, com tantos detalhes que, ao invés de cansar, fizeram eu me sentir dentro da história.

Não é um livro com seres sobrenaturais ou possuídos (como a maioria dos personagens livros do King), mas basta para fazer sentir um pouco de medo...

Annie é louca e assustadora, e sendo humana como eu e você, faz a gente refletir e lembrar que existem pessoas tão ou mais psicopatas que ela.

Ainda não assisti a adaptação para o cinema, mas está na minha enorme lista já faz tempo.

Trailer do filme de 1990

E King é sensacional. Fiquei eufórica quando ele faz um breve comentário do seu livro O Iluminado:
“Era um hotel velho e famoso chamado Overlook. Queimou tem mais de dez anos. O zelador queimou tudo. Ele era louco. Todo mundo na cidade dizia isso. Mas não tem mais importância. Ele morreu.” (p. 206)


Para quem gosta de livros de terror (com alguns comentários engraçados) e de sentir um frio na barriga vale a pena ler. Eu adorei :) 




18 Comentários

  1. Olá!
    Olha moça eu tenho medinho de ler esse gênero hahaha Mas se eu dia decidir me arriscar com certeza escolheria uma obra do senhor King para começar.
    Acho que se esse livro um dia virar filme eu tomo coragem de assistir, mas o livro é sempre mais real pra mim, então imagino que seja mais assustador também hahahaha

    Beijos
    ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Haha... Eu tinha medo no começo, mas depois que li O Iluminado comecei a me empolgar com o gênero. Recomendo então você começar com algo mais leve, tipo Zona Morta, que não tem nada de assustador, mas tem muito a essência do King...
      Esqueci de citar que tem o filme (post atualizado).
      Eu tenho mais medo com filme do que com livro rsrs
      Beijoo!

      Excluir
  2. Caraaaaaaaa, eu sou louca pra ler qualquer coisa desse autor, acredita que até agora não li nada? Isso é inadmissível, eu sei kkk mas eu amei sua resenha, me deu ainda mais vontade de ler esse livro e eu já vou correndo comprar! Parabéns!

    www.memoriasdeumaleitora.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obaaa!! Leia mesmo =D
      Não sei te dizer por qual você pode começar, mas vale a pena.
      Obrigada. Fico feliz que gostou :*

      Excluir
  3. Oie, tudo bom?
    Do King eu li Carria, a estranha e li metade de o iluminado, porque estava lendo em uma edição emprestada e percebi que queria o livro na minha estante, mas ainda anão comprei. Adorei a resenha, e este livro já vem me chamando a atenção a algum tempo. Fiquei curiosa, ela o tortura com água e sabão? E não sabia que tinha filme.

    Bjux ;)
    http://entrelinhasalways.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Tudo bem e você?
      Eu devorei o livro em dois dias de tão bom *---* O Iluminado eu consegui ganhar a edição mais velhinha, mas um dia pretendo adquirir o da Suma de Letras pra combinar com Doutor Sono...
      Ela faz isso kkk Ele relata tão bem que parece que dá pra sentir o gosto (eca)

      Beijoo :*

      Excluir
  4. Olá!
    Confesso que tenho bastante receio de ler esse autor, que me assombra só de olhar os títulos e capas! Kkkkkk! Deve ser mesmo bem interessante esse livro onde, após o acidente de carro, o personagem recebe a enfermeira que ele não queria. Ela ser a fã número um dele é bem legal também. Quem sabe um dia eu não dou uma chance para essa leitura? Só tenho que vencer o medo!
    Beijos!
    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! KKKK Eu também tinha muito receio e pavor só de ler as sinopses. Quando soube que ele era autor do livro Carrie, graças ao filme, evitei até uns 4 anos atrás, mas hoje em dia ele é um dos meus autores favoritos *-*

      Beijos!

      Excluir
  5. Acho que eu nunca dei muita bola pra esse livro em especial do King (tanto quanto um fã pode não dar bola prum livro do autor), mas saber q tem uma personagem tão doida e psicotica assim me deu vontade de ler hehehe

    bjbj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Annie é um amor =D Tem partes que eu torço muito pra ela kkkkk
      Beijo!

      Excluir
  6. Olá Ana!
    Adoro os livros do King que são dessa maneira, metem medo sem ser através de monstros ficcionais. Adoro quando os monstros são reais, pessoas de carne e osso. Também adorei esse livro, entrou para os meus favoritos <3
    Bjs

    EntreLinhas Fantásticas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Thalita! É um dos meus livros favoritos também. Fico tão feliz quando alguém compartilha comigo esse sentimento rsrs
      Beijo!

      Excluir
  7. Oi! Nunca li nada do King e acho que não fazem muito meu estilo... Mas sua resenha ficou muito boa amiga, como sempre.

    Beijo
    https://albumdeleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mi! Acho que não faz mesmo rsrs Mas é maravilhoso *-* Obrigada!

      Excluir
  8. Menina, eu lembro do filme, simplesmente amo, e que sacana sou eu que nunca li o livro, toda vez que leio uma resenaha do livro, me sinto mal por não tr lido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lilian, e eu não vi o filme rsrsr Sempre procuro ler o livro antes de ver o filme... Mas se bem que comecei a me interessar mais pelo autor por causa do filme Carrie, a Estranha =D
      Lê, que é muito bom!

      Excluir
  9. Oi Ana.

    Adorei sua resenha porque tenho muita vontade de ler esse livro por causa do filme. Eu tenho poucos livros de King, mas a prioridade que adquirir um novo livro será dele e Iluminado, pois as histórias com pessoas obsessivas me assusta muito mais que as sobrenaturais.

    Bjos
    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kênia!
      Fico feliz que tenha gostado =)
      Eu ainda não sei qual me assusta mais kkk Cada um tem sua parcela de terror.
      Beijos =*

      Excluir

Adoraríamos saber o que você achou do post!