Título: Fala sério, mãe!
Autora: Talita Rebouças
Número de páginas: 172
Ano: 2004
Editora: Rocco




Mãe e filha. Que relação complicada essa! Amor, carinho, compreensão e, claro, muitas, muitas brigas. Brigas importantes, brigas bobas, brigas memoráveis. Só variam conforme a idade. Boletim, namorados, arrumação do quarto, legumes, viagens, festas, hora de chegar das festas... tudo é motivo para essas pelejas domésticas.
Para Angela Cristina, elas são apenas carinho e preocupação. Para Maria de Lourdes, são chateação materna mesmo. Na primeira metade do livro, os textos mostram o ponto de vista da mãe. Mas depois do primeiro beijo, aos 12 anos, é Maria de Lourdes (ou Malu, como ela prefere) quem assume a narrativa.
Fala sério, mãe! é uma coletânea de crônicas bem-humoradas do cotidiano dessas duas personagens, que pode ser lida aleatoriamente ou como um romance em pílulas, em ordem cronológica, da barriga aos 21 anos.


Fala sério, mãe é o primeiro volume da série “Fala Sério” da escritora Talita Rebouças. O livro é antiguinho, vem lá de 2004, mas continua a fazer sucesso até hoje. Com as personagens principais Malu (Maria de Lourdes, apenas sua mãe que chama mesmo) e a Dona Angela Cristina, vemos o crescimento e amadurecimento das duas, mãe e filha, desde que Angela engravida, até Malu sair de casa para fazer faculdade. É uma confusão atrás da outra, o que rendeu muitas risadas durante a leitura.




Vai lá e tira tudo do seu irmão! Lute pelos seus objetivos, brigue pelos seus pertences, o mundo já está cheio de moscas mortas, não precisa de mais uma! Cadê a sua iniciativa? Será que precisa de mãe para tudo? Você não pode virar uma menina pamonha! E quando eu não estiver mais aqui para ajudar você? Caramba! Pelo ondular das sobrancelhas e pela mudança em câmera lenta da fisionomia, eu sabia o que estava por vir. Droga! Exagerei na dose. De novo. Que coisa mais díficil educar! - Buááááááá! Buáááááá! Buáááááááááá! 


O livro é curtinho e tem muitas semelhanças com o que as meninas vivem com suas mães. Graças a Deus a minha mãe não é uma Angela Cristina da vida, que só faz a Malu passar vergonha, mas com certeza reconheci a mim e a minha mãe em várias das situações vividas. E não para por ai não, os personagens secundários também fazem muita diferença na vida das duas, tanto que a autora lançou um livro para cada um (irmão/irmã, amigos, amores, professores, pai...) uma coletânea e tanto para saber cada detalhe da vida da Malu e rir com ela (ou dela...).
Super aconselho para todas as idades, pois de um jeito ou de outro o livro vai fazer você  lembrar de alguma situação que já viveu e rir de si mesma.




- Mãe, é uma espécie de maluquice você ir de táxi para o supermercado porque não quer
tirar o carro da vaga. E é uma maluquice completa você não querer que eu dirija só para você não tirar o carro dessa bendita vaga! 

Falando nisso, o livro vai virar filme! Já está até sendo gravado com as atrizes Ingrid Guimarães e Larissa Manoela nos papeis principais. Não sei vocês, mas este eu vou querer ver. Lembrando que os livros da Talita já estão fazendo sucesso fora das páginas, recentemente o livro “Uma fada veio me visitar” estreou nos cinemas com o título de “É fada”. 

Deixe um comentário

Adoraríamos saber o que você achou do post!

Categorias