Título: Naomi e Ely e a lista do não-beijo
Original: Naomi & Ely's no kiss list
Autora: David Levithan e Rachel Cohn
Número de páginas: 256
Ano: 2015
Editora: Galera Record

A quintessência menina-gosta-de-menino-que-gosta-de-meninos. Uma análise bem-humorada sobre relacionamentos. Naomi e Ely são amigos inseparáveis desde pequenos. Naomi ama Ely e está apaixonada por ele. Já o garoto, ama a amiga, mas prefere estar apaixonado, bem, por garotos. Para preservar a amizade, criam a lista do não beijo — a relação de caras que nenhum dos dois pode beijar em hipótese alguma. A lista do não beijo protege a amizade e assegura que nada vá abalar as estruturas da fundação Naomi & Ely. Até que... Ely beija o namorado de Naomi. E quando há amor, amizade e traição envolvidos, a reconciliação pode ser dolorosa e, claro, muito dramática.

Naomi e Ely são melhores amigos a vida toda, Os dois moram no mesmo prédio, frequentam a mesma faculdade e vão aos vários Starbucks de NY apenas para sentar e conversar e algumas vezes Naomi ganha cafés de graça por ser tão bonita, mas eles nunca compram nada lá, nunca mesmo.
A vida vai muito bem obrigada. A alguns anos atrás Ely se revelou gay, e Naomi o apoiou totalmente, apesar de ter uma grande queda pelo melhor amigo. Então já que ela gostava de garotos e seu melhor amigo também gostava de garotos eles criaram a Lista do não beijo. Nela eles colocavam garotos que ambos achavam atraentes, mas que se por acaso um dos dois beijasse poderia balançar a amizade entre eles, então era isso, aquela lista protegia a amizade dos dois. Bem, até que Ely beijou Bruce, o segundo, que vinha a ser o namorado de Naomi. Ok, o Bruce, o segundo, não estava na lista, mas, acho que é do bom senso de qualquer pessoa não sair beijando caras comprometidos por ai, ainda mais quando o cara está comprometido com a sua melhor amiga!

A história se desenrola com Naomi e Ely brigando e tentando provar para o mundo que sim, eles não precisam um do outro. O livro tem vários narradores Naomi, Ely, Bruce, o primeiro, Bruce, o segundo, Gabriel (e sua playlist desnecessária!)... São tantos narradores! E alguns nem tem boas histórias para contar, ou parece que estavam lá só para preencher o vazio.
Em suma, o livro foi uma decepção gigantesca! Ouvi tanto sobre Naomi e Ely e quando vi que teria até um filme achei que realmente valia a pena a leitura, mas infelizmente, não foi bem isso que aconteceu.
Para resumir, o livro não teve uma história profunda e várias coisas não faziam sentido (como alguns narradores, ou o jeito de narrar a história) a tal lista do não beijo mal foi comentada! Não faço ideia do porque ela está no título do livro.

Sabe quando você continua lendo achando que em algum momento a história vai melhorar? Pois então, não melhorou, nunca! Sinceramente, foi um grande desperdício de tempo!

A vida é muito curta para ler livros ruins, então, abandone este!

Um Comentário

  1. Oi Nina!
    N sei se leria o livro, mas quero ver o filme dessa história! Parece ser bem divertida!
    Respondi uma tag q vc me marcou ;)
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir

Adoraríamos saber o que você achou do post!

Categorias