Título: Destinado: As memórias secretas do Sr. Clarke
Autora: Carina Rissi
Número de páginas: 462
Ano: 2015
Editora: Verus

Ian Clarke é um homem de sorte e sabe muito bem disso. Ele encontrou a felicidade que tanto almejava ao lado de sua amada (e complicada) Sofia. Não que tenha sido fácil — mas o que é simples quando o assunto é sua esposa? O destino tem sido gentil, e por essa razão Ian se esforça tanto para ser um bom marido, um bom pai, um bom irmão. Entretanto sua felicidade começa a ruir no baile de aniversário de sua irmã, Elisa. Ian assiste, impotente, enquanto sua vida perfeita se transforma em uma terrível catástrofe. A noite é desastrosa, e Elisa, a menina que ele jurou proteger, se torna alvo de um escândalo. Mas o pior ainda está por vir. Um assunto do passado, um pesadelo que há muito o persegue, retorna para assombrá-lo. Aterrorizado com a possibilidade de perder Sofia outra vez, Ian segue seu coração na tentativa de proteger a mulher que ama, sem se importar com as consequências. Ele só não suspeitava de que o preço a pagar seria tão alto...Em Destinado: as memórias secretas do sr. Clarke, os leitores vão conhecer um novo capítulo da arrebatadora história de amor de Ian e Sofia — desta vez pela perspectiva desse cavalheiro que conquista corações por onde passa.

Eu posso me dizer uma "Perdida-lover". Sofia e Ian me conquistaram desde o inicio de suas aventuras, e que aventuras em!
Perdida é um dos meus livros favoritos, e Encontrada também está nesta lista, porém, criei expectativas demais sobre Destinado e acabei me frustrando. =/

CUIDADO! PODE CONTER SPOILERS DOS DOIS PRIMEIROS LIVROS!

O Sr. Clarke narra este terceiro livro e trás a tona seu ponto de vista e seus sentimentos mais profundos, até ai tudo bem.
Ian e Sofia estão vivendo seu felizes para sempre da melhor forma possível. Agora que estavam devidamente casados e com uma filhinha que não poderia ser nada além de uma gracinha de criança parece que nada no mundo pode dar errado. Mas se nada desse errado, não teríamos história. ;)

O aniversário de Elisa está sendo comemorado, mas certas coisas que não deveriam acontecer no século XIX acontecessem. Elisa fica muito chateada com Ian, e o irmão irritado com ela. Antes da festa Ian encontra a "maquina do tempo" que levou Sofia embora a muito tempo atrás e a esconde na gaveta, com medo de que a mulher esteja infeliz e quira voltar para seu tempo. Após todos os desentendimentos, adivinha quem encontra o celular? Elisa! E a garota vai parar no século XXI.
Ao descobrirem Sofia invoca sua fada madrinha e parte para o futuro atrás da cunhada, porém Ian se joga na luz e vai junto (tá parecendo muita piração isso tudo que eu estou escrevendo aqui não é?).

Já no futuro Sofia vai atrás de Nina e Rafa, explica a situação (meio por cima, já que o Rafa não sabe nada sobre as viagens no tempo) e todos se mobilizam para encontrar a garota.



Uma coisa que eu achei bem engraçada ao meu ver é que o Ian se mostrou um tremendo tarado neste livro. Nada de príncipe encantado não. Toda hora ele só pensava 'naquilo'. Nos momentos mais inoportunos, lá estava o Ian reclamando de uma 'ardência' na virilha. Eu achei isso tremendamente irritante. Tanta história para contar, e a autora ficava nessa lenga-lenga. Em-Todos-Os-Capítulos!

Se o livro é bom? Posso dizer que sim! Porém me senti muito lesada com aquelas 462 páginas, porque foi muita enrolação. Lá no futuro Ian começa a perder suas memórias, mas antes disto ele as relembrava e então esquecia. E era muito chato! Muitas destas lembranças tinham a ver com a Sofia, então, para quem leu Perdida e Encontrada não havia nada de muito novo ali, o que tornou chato. Outro ponto foi o Ian, toda manhã levantando e falando xingando (com os únicos dois xingamentos que ele conhecia, Diabos e Inferno) sem lembrar do que tinha ocorrido e a Sofia explicando tudo de novo o que os leitores já sabiam. CHATOOOOOOOO. Faltou também aquele humor que me fez chorar de rir nos dois primeiros livros.

Outro ponto que me deixou maluca foi a história da família. SUPER SPOILER AQUI! Se eles viram as fotos de que o Ian havia se casado com outra pessoa (já que nunca conheceu a Sofia e estava vivendo em uma realidade alternativa, por assim dizer) porque é que o Rafa não desaparecia também? Não mudava a história dele? Afinal, ele era descendente direto da Sofia e do Ian e herdeira da empresa que ela criou.... empresa esta que não existia na realidade alternativa. Quando ele começou a ficar doente, achei que era por isso, que ele iria morrer porque nunca deveria ter existido. Mas não, era mormo. FIM DO SUPER SPOILER.

Mas nem tudo são apenas reclamações! Sempre sonhei com o Ian vivendo no futuro e achei bem legal essa parte (apesar de ele esquecer tudo no dia seguinte) e o desenvolvimento da Elisa também foi ótimo, estou bem ansiosa pelo próximo livro que será sobre ela, até porque muitas pontas ficaram soltas na história dela. A relação do Ian com o Rafa foi outra coisa que me fez super feliz, estava adorando aquela dupla dinâmica. Chorei bem pouco com este livro, e só mais pro final, porque se a Sofia sofre, eu sofro junto. E posso dizer que eu teria amado o livro, não fosse por toda a enrolação que se passou com as lembranças do Sr. Clarke.

Como disse a Wélida em sua resenha no Skoob "crie porcos voadores, galinhas com dentes, cavalos alados, pôneis malditos, mas não crie expectativas.





2 Comentários

  1. Oi Niina!
    Sempre vejo muita gente elogiando esta série e, como adoro estórias com viagens no tempo, fico com vontade de ler. Uma pena você ter achado enrolado este volume. =/
    beijos ♥
    nuclear--story.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani!

      Pois é, uma pena mesmo. Eu amo a escrita da Carina Rissi, mas esse me deixou um tanto desapontada.

      Excluir

Adoraríamos saber o que você achou do post!

Categorias