Red Band Society: A historia acompanha a vida de seis adolescentes com sérios problemas de saúde vivendo na ala infantil de um hospital. Leo Roth é um rapaz de dezesseis anos que sofre de câncer. Internado há  um ano, ele se sente frustado com seu tratamento. Leo divide o quarto com Jordi Palacios, imigrante ilegal que foi para os EUA em busca de tratamento. Ele sofre de câncer e terá que passar por uma cirurgia. Jordi desenvolve um interesse por Emma Chota, uma jovem que sofre de anorexia.
 No grupo temos também Kara Sauders, uma líder de torcida que foi internada após desmaiar durante os treinos, e Dash Hosney, amigo de Leo que sofre de fibrose cística e está determinado a viver cada dia como se fosse o último. A história é narrada por Charlie, um garoto de doze anos que está em coma.

   
Elenco:
Octavia Spencer: Dena Jackson, a enfermeira durona;
Dave Annable: Dr. McAndrew, o médico gato;
Rebecca Rittenhouse: Brittany Dobler, enfermeira fofinha;
Charlie Rowe: Leo Roth, o careca bonzinho e gato;
Ciara Bravo: Emma Chota, anoréxica super inteligente ex-namorada de Leo;
Nolan Sotillo: Jordi Palacios, o recém chegado;
Astro - Brian Bradley: Dash Hosney, melhor amigo de Leo;
Zoe Levin: Kara Sauders, líder de torcida chata, mas divertida.
Griffin Gluck: Charlie, coma-boy.


Agora vou lhes dizer a verdade. Eu não sou muito de acompanhar séries, mas essa me cativou por completo.
 No começo eu achei que seria mais uma daquelas historinhas de câncer, como A Culpa é das Estrelas ou Agora e Para Sempre, - não é que eu não goste destes filmes, mas eu os acho cansativos, tudo sempre girando em torno do câncer e de tudo que as pessoas deixarão para trás quando partirem. na minha opinião as pessoas deveriam fazer mais filmes ou livros sobre a cura do câncer, mas esqueçam a minha opinião, vamos voltar para a série. - mas na verdade é muito mais que isso. É claro que o câncer é um dos focos da série , mas ela também mostra o dia-a-dia dos médicos tentando salvar vidas, dos adolescentes tentando viver uma "vida normal" dentro de um hospital, dos enfermeiros e suas rotinas.

 E devo admitir que eu tinha um conceito muito errado sobre anorexia, e com essa série eu vi o outro lado da historia, o lado de quem é anoréxico.
 Eu sempre quis ir a esses hospitais, onde as crianças tem que morar, devido ao tratamento intensivo contra suas doenças - essa série despertou ainda mais a minha vontade de ser voluntaria em hospitais.
 Eu me apaixonei por todos os personagens, sem deixar nenhum de lado. Até aqueles que aparecem em apenas dois ou três episódios.
 Os meus personagens favoritos são: Emma, Kara, Leo, Dena Jackson e Brittany.


 E agora uma noticia ruim. A série foi cancelada :'(  A fox suspendeu a produção da série, pois os números de audiência estavam muito baixos. Não haverá produção de capítulos adicionais após o 13º da primeira temporada. Agora nos resta torcer para que um dia, eles decidam voltar com a série.
 Ainda assim eu indico essa série, pois é totalmente viciante e cativante. Foi a melhor série de uma só temporada que eu já assisti. Espero que gostem tanto quanto eu.





Deixe um comentário

Adoraríamos saber o que você achou do post!

Categorias