Título: A Herdeira
Original: The Heir
Autora: Kiera Cass
Número de páginas: 390
Ano: 2015
Tradução: Cristian Clemente
Editora: Seguinte

Vinte anos atrás, America Singer participou da Seleção e conquistou o coração do príncipe Maxon. Agora chegou a vez da princesa Eadlyn, filha do casal. Prestes a conhecer os trinta e cinco pretendentes que irão disputar sua mão numa nova Seleção, ela não tem esperanças de viver um conto de fadas como o de seus pais… Mas assim que a competição começa, ela percebe que encontrar seu príncipe encantado talvez não seja tão impossível quanto parecia.

Cuidado! Pode haver revelações do enredo dos três primeiros livros da série! 

A história de amor entre Maxon e America foi incrível e agora esta na hora de conhecermos seus herdeiros. Se passando 20 anos após o livro "A Escolha", nesta nova história acompanhamos Eadlyn, primogênita de Maxon e America e também futura rainha de Illéa.

A família Schreave cresceu nestes 20 anos, agora sendo rei e rainha, Max e Ames tiveram quatro filhos, os gêmeos Eadlyn e Ahren, Kaden que é muito inteligente e Osten que adora aprontar pelo palácio.



A história se foca mais em Eadlyn. A garota nasceu antes de seu irmão, e por isso herdará a coroa e as obrigações do reino algum dia. Desde pequena ela foi criada para seu futuro oficio, ajudando o pai nas finanças e em planejamentos, vivendo sempre em reuniões e aprendendo como governar. Eadlyn se sente poderosa, porém renunciaria a tudo se pudesse. Quem dera se seu irmã houvesse nascido antes e ele que tivesse que se preocupar com tudo. Porém a garota sabe se aproveitar de sua condição.
As castas foram dissolvidas, e com isto todos achavam que as pessoas passariam a viver melhor, mas o preconceito ainda existia, mesmo sem as castas e isto estava gerando algumas revoltas por todo o país. Para que o povo fosse distraído Maxon tem uma grande ideia, fazer uma seleção para sua filha e futura herdeira do trono! Obviamente Eadlyn deteste esta ideia e declina de aceitar, mas com um pouco de persuasão - e um acordo - ela aceita participar desta ridícula ideia.
E é ai que a história realmente começa. Trinta e cinco garotos barulhentos passam a morar no palácio com a intenção de conseguir as atenções da futura rainha, mas ela não está tão afim assim de encontrar alguém. Para ela, a seleção nada mais é do que uma distração para o povo e que acabará em breve.


Eadlyn é uma personagem terrível, eu detestei ela desde a primeira página. A sua personalidade é bem egoísta e rude, definitivamente esta garota não puxou a nenhum de seus pais. Ela faz bem o tipo megera mesmo! Com o desenrolar da trama, eu meio que entendi o porque dela ser assim, e acho que, quem sabe no próximo livro, ela melhore essa sua personalidade.
Alguns velhos conhecidos também aparecem ou são citados no livro como Marlee que mora no palácio junto com seu marido e seus dois filhos Kile, que acaba entrando para a seleção e até agora não sabe quem o inscreveu - e Josie que vive a sombra de Eadlyn e irrita demais a futura rainha. Também Aspen continua a ser um guarda real e é casado com Lucy, porém os dois não têm filhos.
Os selecionados também não são de todo mal, e apesar de eu fazer minhas apostas em Kile, as vezes acho que ela pode vir a escolher outro como o estrangeiro Henri ou Hale que é um gentleman genuíno e muito adorável.

Em geral eu adorei a continuação, realmente Max e Ames não tinham mais o que contar para nós, então é ótimo ver aquele mundo que você já conhece povoado com novos personagens e novas histórias. Apesar de que para uma continuação a história está bem fraquinha - pois recomeçou toda aquela história de seleção e tal - eu gostei do que a autora fez, de não deixar a magia morrer e provar que Maxon e America conquistaram de verdade seu Felizes Para Sempre e agora tentam passar este mesmo sentimento aos seus filhos. E devo alertá-los que o final foi bem surpreendente deixando um aperto no coração e um gostinho de quero mais!

Alguém já leu o livro? O que achou? Estão ansiosos pelo quinto é último livro da série? Eu estou!

Leia também a resenha de Contos da Seleção e o Falando sobre a Série A Seleção.


2 Comentários

  1. Olá,
    Eu gosto muito dos livros da Kiera, mas confesso que não pretendo continuar lendo essa série, vou só ler A Escolha (que já tenho aqui em casa) e vou dar essa história por encerrada, não tenho interesse em continuar.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aah Inês
      Acho que você deveria dar uma chance, afinal, só vai ser lançado mais um livro deste universo.

      Excluir

Adoraríamos saber o que você achou do post!

Categorias