Título: Adormecida
Original: A Long, Long Sleep
Autor: Anna Sheehan
Número de páginas: 272
Ano: 2012
Tradução: Camile Mendrot
Editora: Lua de Papel

Rose Fitzroy esteve dormindo profundamente por décadas. Imersa num sono induzido, esquecida em um porão por mais de 60 anos, a jovem foi tratada como desaparecida enquanto os anos sombrios pairavam sobre o mundo. Despertada como por encanto e descobrindo-se herdeira de uma corporação multimilionária, Rose vai entendendo pouco a pouco, tudo o que aconteceu em sua ausência.Ela descobre que seus pais estão mortos. O rapaz por quem era apaixonada não é mais que uma mera lembrança. A Terra se tornou um lugar estranho e perigoso, especialmente para ela, que terá de assumir seu lugar à frente dos negócios.
Desejando adaptar-se à nova realidade, Rose só consegue confiar numa única pessoa estranhamente familiar. Rose até gostaria de deixar o passado para trás, no entanto, ao pressentir o perigo, percebe que precisa enfrentá-lo - ou não haverá futuro.

Depois de muiiiito tempo sem postar nada aqui no blog, volto com uma resenha de um livro que foi realmente inesperado para mim.

Quando eu conheci o livro Adormecida, eu tive uma impressão completamente errada sobre ele. Achei que seria um livro bem estilo Bela Adormecida, passado em algum canto de uma floresta distante com um castelo majestoso e alguma coisa assim.... Imaginem minha surpresa quando descobri que o livro se passava a vários séculos adiante do nosso!
Era tecnológica baby!



Rose Fitzroy é a herdeira do império que seus pais construíram, a UniCorp. Sempre em festas, vestindo as melhores roupas e com todos aos seus pés, sua única preocupação é sua arte, esta que ela faz muito bem, pois é pintora nata. Ela achava ser essa a melhor vida que se poderia ter, afinal de contas, se qualquer coisa a deixasse triste ou desse errado, era só pedir para sua mãe a colocar em estase por algumas semanas e quando despertasse tudo ficaria bem novamente.
Os pais dela viajavam muito para outras galáxias, e como não confiavam em ninguém deixavam Rose sempre em estase fazendo com que ficasse segura, mas isso tirava da garota momentos muito importantes de sua vida, como a escola e os aniversários de seus melhor amigo Xavier. Apesar de aparentar ser mais nova, Rose era alguns anos mais velha do que Xavier. Quando ele tinha 2 anos ela tinha 7, agora que ele tem 18, ela ainda aparenta ter 16. Isto também é efeito da estase, que faz com que o corpo para de envelhecer.
Mas, certo dia acontece o inesperado, após voltar da estase o mundo de Rose se despedaça, pois ela descobre que já estava lá a mais de 60 anos! Todos os que ela conheciam morreram nos chamados Tempos Sombrios, e agora ela é a única herdeira de um império. Além dos problemas para se ajustar a esta nova vida, a saudade que sente de seus pais e de Xavier, ela ainda descobre que alguém.ou algo, está tentando matá-la.... mas por quê?? Agora você terá que ler o livro para descobrir!

Como eu já falei, o livro me surpreendeu! Essa era tecnológica, com várias gírias e palavras diferentes para designar objetos e situações parece estranho no começo, mas logo você se acostuma. O livro é muito bom, lindo, fofo e com um toque de drama, que confesso, me fez chorar. O jeito que Rose usa suas pinturas e desenhos para entender melhor as coisas também é diferente, mas o MAIS diferente de tudo com certeza o Otto, o experimento 'que não deu muito certo' da UniCorp, eu adorei ele! Bren, que é um personagem muito importante na história, não me agradou muito, ainda penso que Xavier é perfeito e Bren nem tanto. hehe. Só minha opinião. O livro te surpreende do começo ao fim e trás um mundo muito diferente, mas completamente possível. Recomendo a leitura aos amantes de distopias, Bela Adormecida e situações robóticas! E para todos os outros também, porque o livro é ótimo! haha'
O livro termina com um 'quê' de quero mais, e realmente, logo, logo o segundo livro será lançado nos EUA! Falta a editora brasileira trazer ele para nós também #ansiosa




2 Comentários

  1. Oi Niina

    Que saudades poxa rs.
    Eu já havia escutado falar desse livro, adicionei ele mas nem comprei.
    Gostei da sua resenha e fez eu voltar a me interessar, mas quando penso em série e distopia me da desanimo, não me do muito bem com distopias e séries adoro, mas poxa demora uma vida para lançar tudo, então não ando lendo muito séries, apesar de não resistir a algumas rs.

    Não suma.

    Beijos Fer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Fer!!
      Saudades de você também! A vida tem estado tão corrida que não tive mais tempo pro blog, mas agora deu uma acalmada e to precisando me distrais! hihi

      Siim o livro foi pensado para ser único no ínicio, mas fez tanto sucesso que a autora escreveu uma continuação, que nem sabia se seria lançada. Agora é certeza que vai lançar, mas não sei se vai ficar só em dois livros ou terá mais. Eu como sou a louca das séries, continuo lendo elas. kkkk
      Mas vale a pena, porque o livro dá um desfecho legal que se não fosse ter continuação já seria o suficiente. ;)


      bjoos

      Excluir

Adoraríamos saber o que você achou do post!