Título: O Retrato de Dorian Gray
Original: The Picture of Dorian Gray
Autor: Oscar Wilde
Número de Páginas: 215
Ano: 2011
Tradução: João do Rio
Editora: Martin Claret

Dorian Gray é um belo e ingênuo rapaz retratado pelo artista Basil Hallward em uma pintura. Mais do que um mero modelo, Dorian Gray torna-se inspiração a Basil em diversas outras obras. Devido ao fato de todo seu íntimo estar exposto em sua obra prima, Basil não divulga a pintura e decide presentear Dorian Gray com o quadro. Com a convivência junto a Lorde Henry Wotton, um cínico e hedonista aristocrata muito amigo de Basil, Dorian Gray é seduzido ao mundo da beleza e dos prazeres imediatos e irresponsáveis, espírito que foi intensificado após, finalmente, conferir seu retrato pronto e apaixonar-se por si mesmo. A partir de então, o aprendiz Dorian Gray supera seu mestre e cada vez mais se entrega à superficialidade e ao egoísmo. O belo rapaz, ao contrário da natureza humana, misteriosamente preserva seus sinais físicos de juventude enquanto os demais envelhecem e sofrem com as marcas da idade. 

O Retrato de Dorian Gray é um clássico. Esse motivo por si só já é suficiente para que todos o leiam. Mas eu tenho que dizer, realmente me impressionei com o livro e posso dizer que gostei de verdade dele. Dorian Gray é um jovem muito bonito e inspiração do pintor Basil. Este pinta um retrato do garoto e julga ser a melhor obra de toda sua carreira. Basil tem um forte sentimento por Dorian e tem muito medo de perder seu melhor modelo, por isso tenta mante-lo longe de Harry, seu outro amigo, mas este é uma pessoa muito ambiciosa e que podemos categorizar como um homem que 'não presta'.
Certo dia por acaso Harry aparece na casa de Basil na exata hora em que Dorian está lá e os dois acabam por se conhecer. Harry se interessa muito pelo garoto e começa a lhe contar coisas da vida que o mesmo ainda não sabia, é ai que a história realmente começa, pois Harry consegue corromper a alma do doce e inocente Sr. Gray.
Dorian se irrita com a imagem perfeita que Basil pintou dele e pede para que ela nunca seja mostrada a ninguém, pois se pudesse trocaria de lugar com seu retrato para ficar jovem para sempre.



O livro mostra de um jeito muito interessante o envelhecer, tão temido pelo Sr. Gray e também o que acontece quando um homem se envolve em vícios e atividades que não condizem com sua pessoa. Toda a ganancia e exuberância e o que acontece no dia a dia quando não se é uma pessoa de bem. Dorian vai enlouquecendo aos poucos durante o livro por culpa da má influencia de Harry. A única coisa que consegui pensar ao finalizar o livro é como uma única pessoa consegue estragar uma vida inteira. Claro, Dorian não foi nenhum santo em ceder aos desejos seu orientador, mas por outro lado vi uma pessoa fraco por ter cedido a estes desejos mundanos a que foi apresentado.

Dá para se fazer uma bela analise entre a obra e o mundo que nos rodeia. Quantas pessoas se perdem em drogas e outros vícios por ter algum 'amigo' que o incentiva? Quantas pessoas são cegadas pela ganancia e são capazes de tudo por isso?

A obra em si é muito boa. lembro-me apenas de um capítulo que foi extremamente chato e quase me fez desistir da leitura, mas eu estava tão curiosa com o final que venci o capítulo e passei para frente. Como já disse, indico para todos, principalmente a aqueles que gostam de clássicos ou estão seguindo (ou pensam em seguir) carreira na área de Letras ou Literatura.

Poster do Filme
Este livro, como qualquer outro bom clássico, teve suas páginas transferidas para a tela algumas vezes. Assisti a adaptação mais recente e me decepcionei um pouco. Apesar de ter as mesmas características, muito coisa foi adicionada e tornou o próprio Dorian Gray pior do que ele já era no livro!

Alguém ai já leu este livro??? O que achou?? E o filme, já viram alguma das versões dele?? Não deixem de comentar!





2 Comentários

  1. Olá, adorei sua resenha (e amei seu blog)!!
    Esse é um livro que há tempos quero ler e sua resenha despertou ainda mais minha curiosidade, pretendo lê-lo em breve!
    Beijos, Lerissa. :D
    lerissakunzler.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lerissa!
      Que bom que gostou do blog e que melhor ainda que despertei seu curiosidade! Confesso que o livro ficou parado em minha estante por um bom tempo, mas não me arrependi de ter lido ele!

      Excluir

Adoraríamos saber o que você achou do post!