Título: O Mundo pelos Olhos de Bob
Título original: The world according to Bob
Autor: James Bowen
Número de páginas: 222
Ano: 2014
Tradução: Robson Falchetti Peixoto
Editora: Novo Conceito

Bob é um gato laranja que foi encontrado por James durante uma fase de recuperação das drogas. Nessa fase difícil, em que ninguém oferece emprego a um ex-viciado em heroína, adotar uma boca a mais para alimentar era a última coisa que ele pretendia fazer. Mas apesar de todas as dificuldades encontradas pelo caminho, James não desiste de cuidar do gatinho, que também é um ser frágil e abandonado.

Juntos eles encontram vários obstáculos, superando todas as barreiras que aparecem no caminho.

Para quem não sabe, no primeiro livro, James Bowen ainda é um artista das ruas. Inclusive tem resenha aqui no blog! (Confira Eu li Um gato de rua chamado Bob)

Nesta segunda obra ele nos conta o que acontece com ele e Bob após conseguir um emprego “de verdade”: eles se tornam vendedores ambulantes de revistas. Mas esse emprego promete muitos riscos à dupla, fazendo com que as novas “aventuras” e seus modos de superação continuem aquecendo nossos corações.

James, no decorrer da história, também dá seu testemunho sobre como surgiu a ideia de escrever um livro sobre sua vida com Bob.

Fora que Bob, ídolo de muita gente já, vai conhecer algumas personalidades bastante conhecidas em Londres.

É tanta coisa para falar sobre essa criaturinha incrível, que encanta a todos só pelo fato de ter suas proezas narradas por seu dono. Quanto a James, o modo de se expressar seu amor pelo bichano é de fazer parar a leitura só para abraçar a primeira criatura viva ao nosso lado. Os dois são realmente encantadores!

“Diz a lenda que são os gatos que escolhem os dons, não o contrário. Assim, percebi que ele tinha me escolhido. Um dia, seguiu-me até o ponto de ônibus, a mais ou menos um quilômetro e meio de distância, na Tottenham High Road. Estávamos longe de casa, de modo que, ao afugentá-lo e vê-lo desaparecer por entre a multidão agitada, imaginei que não o veria mais. Todavia, quando as portas do ônibus se abriram, ele apareceu do nada, saltando ligeiro, e eu só pude ver um borrão alaranjado afundando-se no assento ao meu lado. Foi assim.
“Desde então somos inseparáveis, duas almas ganhando a vida com dificuldade nas ruas de Londres.”

Ainda há muitas aventuras recheadas de surpresas e emoções.

Ainda há muito que se emocionar e aprender com essas “almas gêmeas”! Recomendo, recomendo e recomendo! Quem já adora James e Bob vai se apaixonar perdidamente! E quem não conhece não sabe o que está perdendo. É uma história de fé, esperança e superação. Sem mais... Poderia ficar o dia todo falando e gabando a obra...Mas como não dá, aqui fica a dica de um dos meus livros favoritos!


2 Comentários

  1. me encantei por esse gatinho mega fofo e sia história de amizade sem medida! li um gato de rua chamado Bob e então estou curiosa para ler mais das aventuras dessa duplinha!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Adoraríamos saber o que você achou do post!