Oii viciados, como vocês estão??
Vim fazer a resenha do livro O Mágico de Oz, um clássico, certo?
Pois então, assim como todos acredito eu, eu já conhecia a história da Dorothy e seu cachorrinho Totó que são arremessados por um furacão para o mundo de Oz, mas quando ouvi dizer que a série Once Upon a Time iria explorar este mundo através da Bruxa Má do Oeste eu quis saber mais, passar daquela barreira entre os livrinhos infantis de no máximo 10 páginas para a obra completa para que eu pudesse realmente entender as tiradas da série. Ai que me surgiu a oportunidade de comprar o livro em janeiro deste ano, em uma venda de livros que sempre tem na faculdade. Olha eu feliz!

Os dois últimos episódios da terceira temporada de OUAT foram exibidos no último domingo, e eu como sempre acompanhei tudo de pertinho. Agora que a fase OZ acabou, eu posso fazer a resenha do livro! Follow Me.

Título: O Mágico de Oz
Original: The Wizard of Oz
Autor: L. Frank Baum
Número de Páginas: 192
Ano: 2011
Tradução: Santiago Nazarian
Editora: Leya



Dorothy vive com seus tios no Kansas e seu cachorrinho Totó. Certo dia um furacão atinge o lugar onde eles vivem e Dorothy e Totó que estão dentro da casa são levados (com casa e tudo) para o mundo de Oz. Ao aterrissarem a casa cai em cima de uma bruxa matando a mesma. O povo que era escravo da bruxa fica eternamente agradecido e Dorothy ganha da bruxa boa (que também estava por lá)os sapatinhos pasmem de prata da bruxa má. Pois é, eu também fui enganada a minha vida toda pensando que os sapatinhos que a Dorothy tinha eram vermelho rubi. Isto é o fantástico mundo do cinema nos iludindo. A garota pergunta como ela faz parar voltar para casa e a Bruxa Boa diz que ela deve procurar o Mágico de Oz na cidade das esmeraldas. Durante sua caminhada sozinha ela encontra o espantalho, o leão e o homem de lata todos conhecem esta história, certo? Os três amigos vivem diversas situações inusitadas para conseguirem chegar até o poderoso Oz, situações estas que não são contadas nos livrinhos infantis. E mesmo que o espantalho não tenha cérebro, o leão não tenha coragem e o homem de lata não tenha um coração sendo muito interessantes todas estas explicações eles não fogem das 'batalhas' e perigos encontrados no caminho. O livro é bem infantil e caminha bem devagar e as vezes repete muitas ações, mas esta era a real intenção do autor. Em um mundo onde os contos infantis eram tão obscuros como as histórias reais da Cinderela e Bela Adormecida o autor queria uma história de criança para crianças e o resultado foi exatamente este. Não quero me estender no assunto, pois não tem como falar de um história tão conhecida sem deixar escapar os detalhes, então deixo para vocês descobrirem a magia de Oz, os perigos, as aventuras e certamente a inocência de Dorothy.

Agora para quem é fã de Once Upon a Time como eu, deve certamente ler este livro pois os detalhes são a melhor parte e é exatamente o que os criadores de OUAT colocaram na série. Como eu já havia coloca no começo, é um ótimo jeito de entender as tiradas do show.

E vocês?? Já embarcaram nesta aventura pelas terras de Oz? Ou ainda acreditam que Dorothy tinha sapatinhos vermelho rubi?






2 Comentários

  1. Oi Niina.

    Não li esse livro. Conheço a história claro, mas o livro nunca li. Preciso, mas fica difícil acrescentar mais um livro na lista, minha lista já esta enorme, e cada dia só piora rs. Quem sabe quando tiver filhos e ler para eles? rs
    Beijos Fer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Fer,é complicado, sempre queremos aumentar e aumentar nossas listas de leitura, mas nem sempre podemos!
      Mas o livro é bem light e a leitura é rápida, então quem sabe você nem precise esperar os filhos!

      Excluir

Adoraríamos saber o que você achou do post!