Título: O Teorema Katherine
Título Original: An Abundance of Katherines
Autor: John Green
Número de Páginas: 304
Ano: 2013
Tradução: Renata Pettengill
Editora: Intrínseca

Como começar a falar deste livro maravilhoso do John Green??? Já estou me perguntando isso a dois dias e tentando fazer esta resenha... como dizem é difícil falar sobre os livros que mais gostamos porque temos medo de não conseguir passar tudo o que eles nos oferecem com uma simples resenha.
Quero dizer que o livro veio na hora certa. Eu estava indecisa entre começar a ler este ou outros dois livros que estão a tempos esperando na minha estante. Fiquei surpresa ao descobrir que havia escolhido o melhor possível para a ocasião. Eu estava cheia de estresses pela faculdade e tudo mais e o livro do John Green me deu a chance de dar muitas risadas além de aprender várias coisas 'que não são interessantes'
Badalhoca


Vamos falar sobre o que realmente interessa... As Katherines e seu teorema.
Colin é um menino prodígio desde os 3 anos de idade, ele lembra de tudo o que vê, o que lhe falam, o que ele lê, todos os momentos em mínimos detalhes, mas ele não esta satisfeito com isto, ele quer mais, ele quer ser um Gênio! As pessoas no geral não gostam muito de Colin,por ele ser, digamos, chato, mas isto não o impediu de ter DEZENOVE namoradas, sim 19, e todas elas estranhamente se chamavam Katherine e todas elas mais cedo ou mais tarde terminavam com ele. Após o último rompimento (K-19) o melhor e único amigo de Colin, o Hassan, o convence a fazer uma viagem de carro sem rumo pelo país. No começo Colin não acha isso interessante, mas acaba aceitando a proposta.
Os dois acabam parando em uma cidadezinha no meio do nada e acabam ficando por lá, enquanto Hassan 'faz amigos' Colin só se preocupa em terminar seu teorema, que vai conseguir definir o tempo de um namoro e quem terminará com quem. E assim, ele finalmente será um Gênio.

Bem,o que eu falei sobre o livro já é mais ou menos o que se pode deduzir com os primeiros capítulos, a leitura da contra capa e das orelhas... O que eu realmente quero que vocês saibam é: Este livro é MUITO divertido. Apesar de Colin ser um 'nerd' ele é bem engraçado. Ele e Hassan tem umas piadas internas que apenas melhores amigos conseguem ter. Uma coisa super interessante são as notas de rodapé que estão pelo livro todo. Algumas servem apenas para traduzir o que Hassan e Colin falam em árabe na maioria das vezes, alemão e francês, mas também tem algumas que nos dão informações que você nunca iria imaginar de um jeito bem cômico e fácil de entender, e, é claro, algumas são apenas para divertir mesmo.
Eu simplesmente AMEI o livro, e me desculpem aos fã mas achei muito melhor do que A Culpa é das Estrelas. Sério comecei o livro com medo de que alguém morresse nele, mas, acreditem, ninguém morre só quase, vespas malditas. O livro também tem algumas coisas de matemática, mas como o próprio autor coloca, você não precisa entender aquilo para entender o livro, as formulas e gráficos estão lá apenas para tornar o teorema mais real. O que é verdade porque eu detesto matemática e amei o livro .-.
Se você quer saber o que é Badalhoca, Fugging e variações, e principalmente 'coisas que não são interessantes', leia este livro!

Mais alguém ai já leu o livro?? Só eu prefiro este do que ACEDE???




10 Comentários

  1. Niina, senti uma invejinha ao ler sua resenha. Também li O Teorema Katherine mas, ao contrário de você, não consegui me entregar a estória e acabei achando um tanto quanto chato :( Me diverti bastante com as tiradas dos personagens, principalmente do Hassan (<3 <3 <3), mas não consegui curtir tanto a trama em si.

    Beijo
    Mariana | Sem Querer me Intrometer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aah Mari, como vc deve ter percebido, eu simplesmente adorei. Achei a história melhor bolada do que a de ACEDE. rs'

      Excluir
  2. Conseguiu terminar de lê-lo *---*

    ResponderExcluir
  3. Oi guria.
    Tú acredita que não li nada desse autor? Não me culpe! É que infelizmente não me passou essa ideia de livros tão maravilhosos que morro senão comprar.
    No entanto, sua resenha me surpreendeu demais e fiquei com uma vontade louca de ler "O teorema de Katherine" porque parece aqueles livros para rir até doer *-*
    Quem sabe não vai ser uma próxima leitura,né? *0*
    Obrigada pela dica!
    http://romances-para-te-fazer-feliz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah obrigada Carol,adoro saber que estou 'sendo útil' ao resenhar os livros. Na real, eu estava com medo deste livro por que li "A Culpa é das Estrelas" e não curti tanto quanto a maioria das pessoas, e também tava com medo de que o John Green fosse um serial killer tipo o Nicholas Sparks, mas bem no fim eu curti demais este livro e estou morrendo de saudades do Colin e do Hassan já!

      Excluir
  4. Oi Niina...

    Nossa que resenha empolgante. Eu ainda não li e confesso que não estava muito interessada, ouvi dizer que era meio parado, mas agora me entusiasmei de novo, vou colocar ele na listinha, rsrs. É tão bom quando um livro nos deixa assim né? rss

    Beijos Fer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fê, com certeza é uma ótima leitura para descontrair

      Excluir
  5. Respostas
    1. Leia que você não vai se arrepender Thalita! *-*

      Excluir
  6. Como a Fê, disse; Que resenha empolgante! Fiquei interessadíssimo em lê-lo, a história me lembrou de um clássico de nossa literatura; A Moreninha_ de Joaquim Manuel de Macedo, onde Augusto, personagem do romance, explica seu método de ser inconstante no amor. " Sou inconstante, mas sou feliz na minha inconstância, porque, apaixonando-me tantas vezes não chego nunca a amar uma vez..." As histórias são diferentes, mas sei lá, uma me fez lembrar da outra, penso que deve ser porque, teorema e método, são coisas matemáticas. Rsrsrs/ O Teorema de Katherine, com certeza entrou para minha lista " tenho que ler"

    ResponderExcluir

Adoraríamos saber o que você achou do post!

Categorias