Aqui seguem alguns dos poemas, escritos há 3 anos atrás...
Como sou pessimista demais, não acho muito bons, mas gostaria muito de compartilhar esse vício que tenho até hoje: transformar as tristezas em poemas!

Nova era de caprichos

"Pegue seu orgulho
Guarde-o na gaveta
Quando precisar, use-o.
Mas não carregue com você

Crie o bom humor
Não fabrique desamores
Dê um banho na coragem
E leve o amor pra passear

Respire o perfume do bem
Beije as flores
Abrace alguém hoje
E cante uma canção

Esqueça a vergonha
Ouça o canto dos pássaros
Observe um arco-íris

E seja feliz!"
[...]

Tristeza sem fim

"Triste é viver no passado
É esperar uma oportunidade,
Que quando aparece,
A falta de coragem
Impede a vontade de tentar

A covardia é motivada
Pelos erros do ontem.
E pelas pessoas que fazem o possível
Para te desanimar
Que ficam julgando você
E esquecem também
De viver suas vidas

Triste é viver em função
Dessas pessoas!
Triste é ser
Uma pessoa assim!

Mas onde estará a felicidade
Afinal de contas?

Esqueça que existe ódio,
Esqueça que existe inveja!

Não é difícil.
O difícil é criar coragem.
Criar razões
Para que a alegria
Seja possível.

Triste é não tentar ser feliz!"

Outra estação

"Inultimente vivo em outra estação.
Peguei o trem da ilusão,
Sentei no ultimo vagão
E perdi meu coração"

Felicidade

"A felicidade está na capacidade de aproveitar as raras oportunidades que aparecem em nossas vidas.
É não deixar passar a chance de dizer, sinceramente:
“Eu te amo”.
Podendo fazer alguém feliz também..."











Espero que tenham gostado. Estou aberta a críticas. Logo postarei mais... Beijos


Deixe um comentário

Adoraríamos saber o que você achou do post!

Categorias